Conheça nossas Trilhas

12 de julho de 2024
22.91°C New York
Parede de concreto

Saiba tudo sobre Paredes de Concreto

(Se preferir, clique no player para o ouvir a narração desse artigo! Queremos facilitar sua vida, desde consumir o nosso conteúdo até realizar o seu projeto.) =)

Os sistemas construtivos não são novidade para aqueles que conhecem um pouco mais da construção civil. Mas, a questão é: você já ouviu falar da parede de concreto?

Ao longo dos anos diversas tecnologias surgiram para acrescentar e melhorar as técnicas e materiais da construção. Com isto, surgiram diferentes tipos materiais aprimorados. Na atualidade, uns são mais conhecidos que outros.

Já falamos sobre alguns deles, como a alvenaria – convencional e estrutural – e steel frame. Após este artigo, recomendamos que leia mais sobre os diferentes tipos de sistemas construtivos.

Afinal, o que são paredes de concreto? Você conhece este material?

As paredes de concreto

O uso da parede de concreto chegou ao Brasil por volta de 1970. Nesta época, o governo brasileiro buscava acelerar a construção de alguns empreendimentos. Após isso, esse sistema começou a ser menos utilizado.

As paredes de concreto voltaram a ser mais procuradas quando a demanda das entregas de casas do programa “Minha Casa Minha Vida” cresceu.

Características da parede de concreto

Na composição destas paredes, contamos com um único elemento que forma sua estrutura e vedação, que é moldado in loco. Não é a primeira vez que lemos sobre um material moldado in loco, se você já leu nosso artigo sobre lajes já sabe um mais sobre esta técnica.

Entretanto, caso não conheça, iremos falar um pouco sobre ela. Como o próprio nome diz, “in loco” significa “no próprio lugar” ou “no local”. Sendo assim, os materiais conhecidos como “in loco” são aqueles moldados no próprio canteiro da obra. Por isso, são chamados de “moldados in loco”.

Ademais, por ser feita no local da obra, esta técnica economiza tempo, gastos e mão de obra.

Além disso, sabemos que por esse motivo, as montagens das paredes são feitas com telas. Dessa forma, nelas são usadas uma espessura final, o que dispensa o uso do reboco nestas paredes de concreto.

A estrutura pode até ser composta de só um elemento. Mas, não se deixe enganar, ela absorve e distribui bem as pressões sobre o material, o que garante uma grande resistência.

Depois de montadas, elas são preenchidas com concreto e as instalações hidráulicas e elétricas já são introduzidas.

Por fim, espera-se em torno de um dia para parede de concreto adquirir a resistência que citamos. Logo após, a parede já está pronta para o acabamento.

Formas utilizadas no processo

Na produção das paredes de concreto, são usados alguns tipos de formas para moldá-las.

Primeiro, são compostas por formas aramadas, que depois são preenchidas com o concreto.

As formas são usadas para receber a pressão do concreto e moldar as paredes. Sendo assim, é importante que elas favoreçam a geometria dos materiais que serão moldados.

Quando falamos das formas, pode ser que algumas pessoas não saibam, mas, podemos usar mais de um tipo de elemento na formação das mesmas, como o plástico, madeira e metal.

Dessa forma, abaixo falaremos um pouco mais sobre estes materiais:

Formas metálicas

Atualmente, é o tipo de forma mais procurada no mercado. A forma metálica é composta de aço ou alumínio.

Entre suas principais qualidades/vantagens, podemos citar:

  • sua longa vida útil
  • exige apenas uma menor manutenção

Entretanto, entre as desvantagens, temos:

  • o seu valor no mercado
  • é a forma que possui menor flexibilidade

ilustrar uma forma metálica

Foto: Reprodução

Formas plásticas

As formas plásticas foram inseridas no mercado brasileiro na década de 90. Estas formas são compostas por chapas e quadros de materiais recicláveis.

Suas vantagens, são:

  • utiliza um número menor de itens
  • dispensa o uso de pregos
  • velocidade em sua montagem e desmontagem
  • menor produção de resíduos
  • possibilidade de ser usada junto à materiais recicláveis – e, devido ao seu peso, o transporte das formas são agilizadas.

Já suas desvantagens, são:

  • dificuldades com alinhamento e prumo
  • é limitada se usada com estruturas maiores

mostrar um tipo de forma.

Foto: Reprodução

Formas de madeira

Por último, este tipo de forma é o mais comum nas obras brasileiras.

Grande parte destas obras usam esse sistema no preenchimento de vigas de concreto, alicerces, entre outros.

Esta forma é composta por chapas de madeiras compensadas que podem ser plastificadas ou resinadas.

Podemos citar como suas vantagens:

  • a versatilidade e facilidade de adaptação
  • o uso de equipamentos simples em sua modelagem
  • a mão de obra que conhece esse sistema no mercado é maior

Já suas desvantagens, incluem:

  • sua grande produção de resíduos
  • sua produtividade e durabilidade – que estão fortemente ligadas a capacitação da mão de obra.

mostrar um tipo de forma

Foto: Reprodução.

Tipos de concreto mais recomendados para usar junto a parede

Existem alguns tipos de materiais presentes no mercado que são usados junto à parede de concreto. Agora, citaremos quatro dos tipos de concreto mais conhecidos:

1- Concreto Convencional

O concreto convencional é o tipo de concreto mais conhecido atualmente.

Por que ele é chamado de convencional? Porque ele é composto da mistura padrão de água, areia, cimento e brita – sem aditivos.

Sua densidade é de aproximadamente 2300 a 2500 kg/m³.

mostrar uma parede de concreto

Foto: Reprodução.

2- Concreto Auto-adensável

O concreto auto-adensável é considerado muito fluído e plástico de se trabalhar. Em sua composição, nota-se o uso de aditivos superplastificantes que compõem seu aspecto físico e, facilita seu bombeamento. Além disso, ele é autonivelável, dispensando o uso de vibradores e de muitas pessoas na concretagem. Entretanto, esse tipo de concreto é menos resistente e homogêneo.

mostrar uma parede de concreto

Foto: Reprodução.

3- Concreto celular

O concreto celular também é chamado de concreto poroso e espumoso, ele é mais leve por conta dos vazios que possui. Uma diferença entre ele e o concreto convencional, é que a massa específica do concreto celular varia de 300 kg/m³ a 1850 kg/m³, já o convencional é de aproximadamente 2300 kg/m³.

mostrar um tipo de concreto

Foto: Reprodução.

Outrossim, o concreto é composto de cimento, água e agregados miúdos, e seu diferencial são as bolhas de ar presente em seu interior.

4- Concreto Leve

Como o próprio nome diz, o concreto se destaca por sua leveza. Em média, seu peso é menor que 2000 kg/m³. Esta leveza é garantida através da substituição dos agregados convencionais por agregados leves, a argila expandida, vermiculita, isopor e EVA são exemplos.

Além disso, o concreto celular que citamos acima, pode ser considerado um tipo de concreto leve.

apresentar um tipo de concreto

Vantagens e desvantagens da parede de concreto

Logo após explicarmos o que é uma parede de concreto, vamos falar sobre suas vantagens e desvantagens. Mas, como já mencionamos acima alguns prós e contras das formas, agora diremos em um aspecto geral.

Vantagens

Entre as principais vantagens deste sistema, podemos citar:

  • Qualidade: devido a industrialização dos métodos, seu controle de qualidade é maior.
  • Menor geração de resíduos: ao todo, o sistema não produz tantos resíduos. Por mais que, algumas formas produzam mais resíduos, estes restos da obra ainda são em menores quantidades.
  • Prazos: se comparado aos demais sistemas construtivos, a parede de concreto possui uma maior garantia do cumprimento dos prazos.
  • Mão de obra qualificada: por não necessitar de muito componentes em sua produção, a parede de concreto não necessita de muito operários no canteiro da obra. Ademais, a parede de concreto é popular no Brasil. Ou seja, mais pessoas são acostumadas a trabalhar com ela.
  • Tempo de execução reduzido: a parede de concreto mostra-se três vezes mais produtiva que o método convencional – com vigas de concreto, pilares de concreto etc. Ainda se mostra duas vezes mais ágil que a alvenaria estrutural.

Desvantagens

Já falamos sobre suas vantagens e, agora citaremos suas desvantagens:

  • Custo: a resistência da parede de concreto é maior e, quebra-las não é fácil. Por isso, o valor de reforma também tende a ser maior. Ainda mais, o custo das formas também é maior.
  • Dificuldade em reaproveitar as formas: por serem feitas especificamente para um projeto, as formas dificilmente conseguem ser usadas com outros propósitos.

Contudo, o sistema construtivo citado, pode ser uma ótima alternativa caso você esteja procurando uma resistência maior no móvel.

Por fim, o que você achou do artigo? Já usou ou usaria em sua obra? Visite a revista digital do Entenda Antes e confira mais artigos como esse.

mezanino-capa

Você sabe o que é um mezanino?

(Se preferir, clique no player para o ouvir a narração desse artigo! Queremos facilitar sua vida, desde consumir o nosso conteúdo até realizar o seu projeto.) =)

Atualmente, a busca por imóveis tem aumentado, em específico, os apartamentos. Logo, alguns tipos de apartamentos podem ser menores. E, o mezanino passa a ser procurado para expandir estes locais.

O que é um mezanino?

O mezanino pode ser considerado uma varanda ou sacada que fica no interior da casa. É bastante comum em lofts e apartamentos do tipo Garden. Isto se dá ao fato de sua praticidade e, sem se esquecer da sofisticação.

Então, há várias formas de usá-lo, ele é uma espécie de espaço que fica entre o andar térreo e o andar superior, ou seja, um andar intermediário entre ambos. É possível acessá-lo através de uma escadaria, ela pode ser exclusiva ou comum entre os outros andares.

 

Apartamento com mezanino

Foto: Diego Revollo

 

Muitas pessoas ficam em dúvida sobre a altura ideal para se ter um mezanino, mas isso varia dependendo do local. Algumas cidades podem delimitar uma altura mínima ou máxima para esse tipo de elemento. Mas, é recomendado que o imóvel tenha uma altura que dê para ter um pé direito duplo.

Portanto, se você está à procura de colocar um novo cômodo em seu imóvel, o mezanino pode ser a melhor escolha para você.

Lugares para usar o mezanino

O mezanino pode ser usado em alguns tipos de locais, abaixo citaremos dois:

  • Residencial: pode ser usado de diferentes formas nas residências. Além de dar um ar de sofisticação, o mezanino pode tornar o local mais inovador, já que garante um “cômodo” a mais na residência. Alguns exemplos de finalidades para mezaninos, são home offices, sala de estar, de TV, de jogo, espaço gourmet e sala de leitura. Mas, é bastante usado para adicionar um quarto ao imóvel. Além disso, existem pessoas que utilizam o mezanino como um ambiente de transição ou corredor.
  • Industrial ou Comercial: alguns comércios optam pelos mezaninos para usá-lo como depósito para alguns estoques de materiais. No entanto, é necessário o cuidado com a obra industrial, já que se o peso posto à cima do mezanino for maior do que o mesmo pode aguentar, poderá ocorrer acidentes ou até desabamento. Ademais, ele ainda pode ser usado para aumentar a área do ambiente e criar áreas vips ou camarotes em casas de show.

Materiais para fazer o mezanino

Como foi dito, o mezanino pode ser usado para diferentes razões, desde residenciais até comerciais. Então, tudo dependerá do tipo de construção que será feita. Além do tipo de decoração que será aderida na obra

Sendo assim, é importante mostrar os tipos de materiais que podem ser usados para a construção de um mezanino.

O concreto é um material que pode ser usado para o mezanino. Ele tem grandes vantagens, como: a harmonia com os materiais da casa e a durabilidade. Em contrapartida, utilizá-lo terá algumas desvantagens, como: os resíduos e o tempo prolongado de sua cura.

apartamento com mezanino de concreto

Foto: Graduatechic

O mezanino construído a partir da alvenaria de madeira possui uma vantagem em relação à anterior. Isto é, ela é a alternativa mais rápida para ser usada na construção. Além disso, sua aparência garante um ambiente mais clean ou rústico dependendo do tipo de madeira. Ainda, não produz tanto resíduos quanto o concreto.

Uma desvantagem que pode pesar na hora da decisão é o valor da madeira que, pode ter um custo maior para a compra.

casa com mezanino de madeira

Foto: Vidro Laser

apartamento com mezanino de madeira

As estruturas metálicas, passaram a ser usadas para deixar o ambiente mais leves e trazer uma simplicidade na execução do serviço. Além dessas vantagens, podemos citar a rápida montagem e a finalização. Também, sua ancoragem se torna mais fácil ao ser comparada aos materiais citados. Além disso, a estrutura metálica é a que menos gera entulho desses três, porque seus elementos são pré-moldados.

Alguns tipos de mezanino de estruturas metálicas, são combinados com a madeira, isso contribui para uma maior sofisticação. Inclusive, nossa imagem destacada é uma desse tipo, ela pertence ao escritório “Hype Arquitetura“.

escritório com mezanino com estrutura metalica

Foto: Une Arquitetura

casa pequena com mezanino de estrutura metalica

Contudo, podemos dizer que o mezanino é uma ótima alternativa para aumentar a amplitude de um imóvel. Desse modo, garantindo que novos ambientes sejam utilizados.

Mas, e você? O que achou dele? Nos diga nos comentários se você o construiria um em seu imóvel.

Acesse nossa Revista Digital para ficar por dentro de matérias como essa e vários outros temas relacionados a decoração, arquitetura, construção etc.

Tipos de concreto

Tipos de concreto no mercado da construção

(Se preferir, clique no player para o ouvir a narração desse artigo! Queremos facilitar sua vida, desde consumir o nosso conteúdo até realizar o seu projeto.) =)

O cimento é utilizado em construção há muitos séculos, estando presente em obras da Antiguidade como o Panteão e o Coliseu. Porém, esse cimento era composto de cal e cinzas vulcânicas, ou seja, muito diferente da composição atual que é a base de diferentes tipos de concreto.

Hoje, por sua vez, o concreto que utilizamos é uma mistura de cimento, água, agregados miúdos e graúdos, e, em alguns casos, aditivos. Ele é um material que está em todo lugar, literalmente do mais alto do céu ao fundo do mar e da terra. Dessa forma, é possível encontra-lo fundações de plataformas petrolíferas em oceanos, em túneis, minas, pontes e arranha-céus.

Sabendo disso, vamos agora falar sobre os diferentes tipos de concreto encontrados no mercado da construção.

 

Acompanhe e boa leitura!

Tipos de concreto - Cimento

Principais tipos de concreto

Existem diferentes tipos de concreto, com propriedades diversas para variadas finalidades.

Assim, a escolha do concreto apropriado para cada obra deve levar em consideração alguns fatores como:

  • Custo;
  • Tipo de construção;
  • Disponibilidade na região;
  • Produtividade;
  • Existência de mão de obra treinada.

1. Concreto convencional

Consiste na mistura de cimento, água, agregados graúdos e miúdos. É necessário o uso de vibradores e adensadores para que sua execução seja correta.

Apresenta uma consistência mais seca, pois contém com aditivos, e menor trabalhabilidade. Deve ser lançado com o auxílio de carrinhos de mão, gruas e outros meios de transporte manuais.

Possui resistência à compressão e, por não apresentar aço, a resistência à flexão é baixa.

2. Concreto armado

Esse tipo de concreto é o mais comum de ser encontrado nas obras atuais. Trata-se da união do concreto com as barras de aço, unindo a resistência à compressão com a resistência à tração.

Pode ser usinado ou feito na própria obra e também não apresenta aditivos em sua composição.

3. Concreto usinado

É o concreto produzido em concreteira e, por isso, passa por um elevado controle de qualidade e rigorosa pesagem dos materiais constituintes e tempo de mistura.

Por meio desse processo, o cliente pode especificar as características que deseja no concreto, tais como, maior ou menor tempo de pega, maior trabalhabilidade, resistência etc.

4. Concreto protendido

O concreto protendido é o tipo de concreto que deve ser usado em grandes vãos livres, reforços estruturais e construção ou reforma de ambientes agressivos, como fábricas e indústrias.

Essa técnica consiste na colocação de cabos de aço com elevada resistência que podem ser tracionados antes ou após a concretagem.

5. Concreto autoadensável

Esse concreto é utilizado quando se necessita de alta fluidez sem que ocorra exsudação e segregação.

O concreto autoadensável elimina a necessidade de vibradores e adensadores.

No entanto, seu ponto negativo é o alto custo. Assim, seu uso só é indicado depois de um estudo de viabilidade.

Tipos de concreto - Mercado da construção

6. Concreto de alta resistência

Esse tipo de concreto apresenta resistência superior à dos concretos convencionais.

No entanto, devido ao maior consumo de cimento, esse concreto apresenta grande tendência a retração, que pode ser reduzida  por meio da adição de pozolana ou aditivos.

Dessa forma, por ser muito resistente, ele é utilizado, principalmente, em fundações, estruturas em edifícios de muitos pavimentos, etc.

7. Concreto rolado

Já o concreto rolado, é empregado, principalmente, como sub-base em pavimentações, barragens e pisos de estacionamento.

Os materiais que o compõem são semelhantes aos do concreto convencional, porém com menor consumo de cimento.

Ele deve ser aplicados por meio da compactação com rolos compressores.

8. Concreto leve

Esse tipo de concreto apresenta menor massa específica por ser composto por agregados leves e deve ser utilizado quando for necessária a redução de peso estrutural.

No entanto, mesmo apresentando menor massa específica, sua resistência não é reduzida e geralmente, é aplicado em estruturas pré-fabricadas e estruturas pré-moldadas.

9. Concreto celular

Por fim, o concreto celular que, ao invés de utilizar de agregados de menor massa específica em sua composição, é utilizada uma espuma especial.

Ele é geralmente, é aplicado em paredes, divisórias, painéis pré-moldados e pré-fabricações, pisos, etc.

Gostou? Agora você já sabe um pouco mais sobre os diferentes tipos de concreto? Então, para continuar aprendendo e se atualizando, continue seguindo nossa revista digital, com notícias e novidades do mercado da construção.

Bioconcreto

BIOCONCRETO, o concreto que se regenera sozinho!

(Se preferir, clique no player para o ouvir a narração desse artigo! Queremos facilitar sua vida, desde consumir o nosso conteúdo até realizar o seu projeto.) =)

O concreto, como todo material usado na construção civil, é suscetível a uma série de problemas que reduzem sua durabilidade e resistência. Por isso, pesquisadores holandeses da Universidade de Delft, chefiados pelo microbiólogo Henk Jonkers, desenvolveram o chamado bioconcreto ou concreto vivo.

O grande diferencial do bioconcreto para os outros tipos de concreto é que ele se regenera sozinho e é totalmente inspirado na natureza.

Ficou interessado no assunto? Então acompanhe nosso texto e conheça o bioconcreto, uma material que, nas palavras dos cientistas envolvidos no projeto, “vai revolucionar a maneira como construímos”.

Acompanhe e boa leitura!

Bioconcreto - Concreto vivo

Como funciona o bioconcreto

A solução para a auto regeneração do concreto veio diretamente da biologia, mais precisamente do estudo das bactérias.

A ideia era utilizar bactérias dormentes que fossem capazes de sobreviver a um ambiente de alto pH,  como é o caso do concreto. Elas deveriam também possuir a característica de serem ativadas quando detectassem presença de umidade no ambiente. Ou seja, elas deveriam despertar quando houvessem fissuras ou rachaduras na estrutura que permitissem a entrada de água.

Como se percebe, as bactérias tem uma função fundamental no bioconcreto. Mas claro, não poderia ser qualquer bactéria. As bactérias utilizadas no concreto vivo deveriam ser aquelas que eliminam calcário como produto de sua digestão. E, como você já pode imaginar, é justamente esse calcário que vai preencher o espaço aberto nas fissuras ou rachaduras.

No mais, essas bactérias devem ainda ter a capacidade de sobreviver em um ambiente com alto pH e para isso ela devem formar endósporos, uma espécie de proteção que permite que elas permaneçam inativas por longos períodos.

Interessante, não? A partir dessas premissas, os cientistas partiram em busca de uma espécie de bactéria que fosse capaz de desempenhar essa função de regeneração do concreto. Após algum tempo, ela foi encontrada na Rússia, em lagos que possuem um alto pH e também em crateras de vulcões ativos.

E aqui, vale destacar um dado surpreendente: essas bactérias formam esporos e podem sobreviver por mais de 200 anos nas construções.

Regeneração do Bio-concreto

Como é feita a regeneração do concreto

Quando existem danos como rachaduras, a estrutura interna é exposta à umidade. E isso, por sua vez, ativa as bactérias. Quando elas “acordam”, passam a consumir o lactato de cálcio da mistura. Como resultado da digestão, elas liberam calcário que ocupa o espaço aberto pela rachadura. E detalhe: tudo isso ocorre em um prazo médio de três semanas.

O bio-concreto pode recuperar rachaduras de qualquer comprimento. Porém, com uma largura máxima de 0.8 milímetros.

Bioconcreto

Custos do bioconcreto

Um dos objetivos do bioconcreto é diminuir o custo de manutenção de construções. Porém, o custo para implementar essa tecnologia é muito alto. Seu custo de produção na Europa é quase o dobro do custo do concreto comum.

Em contrapartida, a vida útil de 200 anos da bactéria é uma grande vantagem competitiva. Afinal, isso reduz consideravelmente os custos de manutenção e é altamente sustentável.

Como se sabe, cerca de  7% das emissões de dióxido de carbono no mundo são causadas pela fabricação de cimento. Mas, com o uso de um material que se regenera sozinho, a produção de cimento poderia ser reduzida. Com um material que se auto regenera, parte dessa produção seria reduzida.

Gostou de saber mais sobre o bioconcreto ou concreto vivo? Então, não deixe de acompanhar nossa revista digital. Nela você encontra  notícias e novidades do mercado da construção, arquitetura e decoração e dessa forma,  se manter sempre atualizado.

Revestimento ripado - Entenda Antes

Revestimento ripado: modelos, marcas e inspirações

Em divisórias de ambientes, aplicado em móveis, tetos ou nas paredes, tanto faz! O revestimento ripado está em alta e cada vez ganha mais destaque nos projetos de interiores. 

Além do efeito estético tridimensional, os painéis ripados fazem sucesso entre arquitetos e designers por vários motivos. A facilidade de aplicação, versatilidade para combinar com vários estilos de decoração e variedade de modelos são alguns deles. 

Então, se você já ama o revestimento ripado, precisa ler este artigo até o final. Nele, apresentamos os principais tipos, modelos e marcas do revestimento para você aplicar em qualquer ambiente da sua casa. Confira! 

Madeiras naturais

Revestimento ripado - Entenda Antes

A maioria dos painéis ripados são feitos em madeira, sendo que as mais utilizadas são: Freijó, Imbuia e Cumaru. Como estas madeiras naturais são materiais nobres, o preço do revestimento ripado é um pouco alto. Em contrapartida, existem soluções mais econômicas, como o MDF laminado ou compensado naval que também funcionam bem para o propósito. 

Não é difícil entender por que o revestimento ripado de madeira é o favorito de arquitetos e design. O efeito da madeira combina com uma atmosfera mais rústica, assim como cria uma sensação contemporânea em qualquer área. Além disso, as madeiras nobres são altamente duráveis e resistentes.

Outro ponto positivo é que o painel ripado de madeira pode ter diversos desenhos. Ou seja, é possível fazer ripas mais largas ou finas, alterar o espaço entre os frisos, dentre outras possibilidades. 

Cerâmica

Existem vários modelos de revestimentos cerâmicos são feitos com efeito ripado. Alguns são tão semelhantes à madeira natural que, à primeira vista, é quase impossível perceber que se trata de um revestimento cerâmico e não um painel ripado de madeira. 

Portanto, essa pode ser uma boa alternativa para aplicar em paredes, já que a cerâmica é um material mais econômico, durável e fácil de manter.

A linha Wall Mosaic da Portobello, por exemplo, possui opções de revestimento ripado na cor branca e reproduzindo a madeira. Os materiais possuem relevo e texturas que são parecidas com papel de parede ou superfícies tridimensionais. Alguns modelos são: 

Revestimento ripado - Entenda Antes

Outro destaque de revestimento ripado em cerâmica é a coleção Criar, da Decortiles. As peças possuem textura e detalhamento ripado e, por isso, são ideais para criar painéis em ambientes internos. A coleção conta com dois modelos: o Filetto Canela e o Filetto Camel

Concreto

Por fim, quem prefere uma aparência descontraída e moderna, pode apostar no revestimento de concreto ripado. Nesse sentido, é possível encontrar peças de formas e tamanhos variados para criar diferentes composições. 

Uma vantagem é que o concreto aparente é prático, tem alta durabilidade e pode ser utilizado tanto em ambientes internos quanto externos. 

A linha Apparente da Castelatto é um exemplo de revestimento de concreto ripado. Também existem materiais cerâmicos que reproduzem o efeito do concreto aparente, como é o caso do modelo Brasilia Concreto Cinza, da Portobello.

Revestimento ripado - Entenda Antes

Ambientes com revestimento ripado para se inspirar

Nada como alguns projetos incríveis para servir de inspiração, não é mesmo? Portanto, selecionamos alguns ambientes onde o revestimento ripado foi aplicado com muito bom gosto! 

Quarto

Revestimento ripado - Entenda Antes Bruna Alvim Campos
O revestimento ripado não é apenas uma decoração, assim como também uma técnica eficaz de zoneamento. Neste projeto, o ripado sutilmente separa a área íntima e o closet sem bloquear completamente a linha de visão. Além disso, precisamos destacar o efeito de continuidade com a aplicação da madeira no teto do quarto. 

Sala integrada

Revestimento ripado - Entenda Antes Carolinne Ataide Lima
Neste projeto, o painel ripado de madeira é o grande destaque da sala integrada. Apesar de espaçoso, é possível ter a sensação de conforto no ambiente. 

Ambiente integrado

Revestimento ripado - entenda antesHeloisa Zarpelon Arquitetura e Interiores
Aqui, o painel ripado proporcionou aconchego e mais sofisticação ao ambiente. Além disso, o espaçamento entre as ripas garante a ventilação do espaço. 

Revestimento na horizontal

Os painéis ripados também podem ser fixados na horizontal para criar a sensação de alongamento. Os projetos abaixo, por exemplo, mostram como isso funciona bem:

Revestimento ripado - entenda antes

Revestimento ripado ARCHtec Arquitetura e Interiores
Percebeu como o revestimento ripado é versátil e bonito? Então, compartilhe nos comentários qual é o seu modelo favorito!

concreto aparente

Decorações com revestimentos de concreto aparente! Entenda Antes

Até alguns anos atrás, o concreto era utilizado apenas para a construção das estruturas de edifícios e havia um grande esforço para escondê-lo. Quando o material precisava ficar exposto, o uso era restringido a garagens, calçadas e outros ambientes sem muita importância. Mas, há pouco tempo, isso tudo mudou.

Mas agora, o concreto aparente é uma das principais tendências em revestimentos. Designers e arquitetos passaram a utilizar o material em diversos ambientes várias maneiras, como pisos, bancadas, acessórios e outras formas inusitadas.

Veja também: REVESTIMENTOS: Parede, piso, cozinha, banheiro e área externa, como escolher? Entenda Antes!

O aspecto inacabado do concreto aparente cria um visual incrível, típico de ambientes urbanos. Se você quer saber mais sobre o revestimento aparente e como aplicá-lo na decoração da sua casa, basta continuar a leitura!

O concreto aparente

O concreto é o elemento básico da maioria dos edifícios que são construídos hoje em dia. Composto por areia, pedra, cimento e, em alguns casos, por uma estrutura metálica, o material é responsável por formar as vigas, colunas, lajes, pilares e paredes estruturais de uma construção.

Portanto, ao optar por deixar o revestimento aparente, você não precisará fazer outras etapas de uma construção, como emboço, reboco e pintura. Isso acaba gerando uma economia direta nos gastos com acabamentos.

Então a aparência crua e simples do concreto torna o material ideal para ambientes que seguem o estilo industrial. Mas não se engane. Esse tipo de revestimento é bem versátil e serve como uma base neutra para qualquer estilo de design de interiores – campestre, moderno, minimalista, entre outros.

Veja também: Você já ouviu falar de decoração com cores neutras? Entenda Antes!

Concreto aparente na decoração

Então se você está precisando de inspirações para usar o concreto aparente em sua casa, está no lugar certo! A seguir, reunimos projetos de arquitetura e design de interiores com esse tipo de acabamento em diferentes ambientes.

Sala

Aplicar o revestimento de concreto aparente na sala de estar e/ou jantar é uma forma de criar um ponto focal interessante na decoração do espaço.

Mas o principal diferencial desse tipo de acabamento é o amplo leque de possibilidades para decorar: é possível manter um visual inacabado, como também criar um design elegante e moderno. Para isso, aposte em elementos de materiais e texturas diferentes para complementar a decoração.

Karla Araujo Arquitetura e Interiores – Solicite um orçamento

Jullieth Pazello Arquitetura de interiores – Solicite um orçamento

Quarto

Nos quartos, o revestimento de concreto aparente proporciona um toque de estilo e personalidade. Mas é preciso ter cuidado, já que o concreto é um material frio e pode tornar o quarto menos aconchegante. Para não errar, equilibre o revestimento com outros elementos naturais, como madeira, tecidos, roupa de cama colorida e iluminação indireta.

Une Arquitetura – Solicite um orçamento

Ambientes integrados

O concreto aparente é um elemento bem aproveitado em ambientes integrados. O acabamento ajuda a criar a aparência de lofts tradicionais do estilo industrial. Em espaços amplos, o acabamento exposto pode ser usado em paredes estruturais, colunas e vigas expostas para recriar um visual urbano como nos projetos a seguir.

FREITAS ARQUITETURA E INTERIORES – Solicite um orçamento

Une Arquitetura – Solicite um orçamento

Une Arquitetura – Solicite um orçamento

Veja também: Descubra o que é um loft e qual o seu conceito – Entenda Antes!

Varanda

Então após um processo de impermeabilização, o revestimento de concreto aparente torna-se uma boa alternativa para as varandas pois facilita na hora da limpeza. Móveis de madeira e plantas combinam bem com o acabamento, deixando o espaço mais aconchegante e estiloso.

GE Arquitetos – Solicite um orçamento

Área gourmet

Primeiramente, se você tem uma área gourmet em casa, pode apostar no revestimento aparente para deixar o ambiente mais despojado. É possível aplicar o concreto em bancadas e outras estruturas do espaço, como pia, ilha, prateleira, churrasqueira etc.

Fundos Arquitetura – Solicite um orçamento

Inclua elementos como concreto, tijolo e madeira para montar uma decoração de área gourmet que mescla características do estilo industrial e contemporâneo. O resultado fica incrível!

Mas perceba nesse projeto como todos esses itens combinam entre si e ganham ainda mais destaque com as cores fortes, plantas e vários pontos de luz em todo o espaço.

INDESIGN ARQUITETURA – Solicite um orçamento

INDESIGN ARQUITETURA – Solicite um orçamento

Espaços comerciais

O concreto aparente pode ser perfeitamente aplicado em espaços comerciais de todo os segmentos. Neste projeto, por exemplo, o revestimento de concreto aparente foi usado em conjunto elementos de madeira e pontos coloridos. O resultado foi um ambiente leve e aconchegante, ideal para a recepção de um escritório.

ROSELAINE PEREIRA – Solicite um orçamento

Confira mais matérias como esta acessando a Revista do Entenda Antes!

_____________________________________________________________________

Criamos o Entenda Antes porque acreditamos que a troca de conhecimento, informação e experiência é o único meio que realmente tem o poder de melhorar as pessoas, melhorar os negócios e o mundo como um todo.

Acreditamos que não precisa ser difícil e demorado encontrar bons profissionais e realizar orçamentos para fazer um bom negócio. Fazemos isso porque o mundo pede mais agilidade, facilidade e comodidade.

Solicite um orçamento do que você precisa sobre o mundo da construção e iremos te ajudar a realizar o melhor negócio!

Shopping Basket
1