O que é alvenaria? E quais são os tipos?

alvenaria

A alvenaria é uma das várias etapas da construção civil e, assim como qualquer outra, ela tem uma grande importância para uma obra. Então, já dissemos que ela é importante, mas, você sabe o porquê?

É basicamente uma etapa da construção onde junta-se um conjunto de blocos – tijolos, pedras etc. – que formam muros, paredes e alicerces de um edifício.

Uma curiosidade sobre a alvenaria: não precisa que os elementos que a compõem sejam juntos com argamassa, já que seu propósito é dar força e resistência a uma obra.

Aliás, um exemplo de tijolo que não precisa de argamassa para se assentar é o tijolo de cimento por encaixe.

Além de casas de alvenaria, que não utilizam madeiras em suas paredes e, sim, pedras, tijolos etc. outras construções podem ser encontradas, como churrasqueiras, piscinas e até guarda-roupas.

É correto afirmar que, sua principal função envolve a separação de ambientes, tanto externos quanto internos.

Sobretudo, a alvenaria em ambientes tem como função ser usada como barreira e freio contra os efeitos do lado de fora e, também, garantir um maior conforto no imóvel.

Além dessas características já citadas, vamos citar algumas outras:

  • Resistência a infiltrações de águas pluviais.
  • Garantir um bom isolamento termoacústico.
  • Ser um substrato/base para os revestimentos.
  • Resistir à pressão do vento.
  • Resistência movimentos térmicos e umidades.

Em sua criação, diversos materiais podem ser usados tanto na alvenaria estrutural quanto na de vedação. Os mais conhecidos e utilizados são:

  • Blocos de concreto estrutural
  • Blocos de concreto de vedação
  • Blocos de concreto celular autoclavados ou somente Bloco de concreto celular
  • Tijolo cerâmico
  • Tijolos de vidro
  • Blocos de solo-cimento
  • Blocos cerâmicos
  • Blocos de Silício-Calcário

Tipos de Alvenaria

Agora que você já conhece a alvenaria, vamos mostrar alguns dos diferentes tipos que se encontram na atualidade.

Alvenaria de Embasamento

O tipo de material recomendado para a construção desse tipo é o tijolo maciço, porém, o bloco de concreto também pode ser utilizado.

Geralmente, elas ficam acima das vigas baldrame. Muitas das vezes são usadas em terrenos com aclive ou declive, assim, deixando o terreno e vigas nivelado. Além disso, ela possibilita a passagem das tubulações, isso sem prejudicar o baldrame.

Como o próprio nome diz, elas ficam às bases dos edifícios e, acima das vigas baldrame. Sendo assim, é necessária a procura por tijolos que garantam uma melhor retenção de água.

foto da alvenaria de embasamento

Ao contrário dos outros tipos de alvenarias, seu orçamento é feito através do volume (m³) do terreno, ou seja, o perímetro da fundação x a altura das alvenarias x espessura delas.

Alvenaria estrutural

Nesse tipo de sistema construtivo, ela também é chamada de autoportante e, suas paredes sustentam os pesos de toda a casa – lajes, telhados e esquadrias -, ainda distribui para as fundações, devido a isso, não são necessárias a construção de vigas e colunas.

Suas instalações elétricas e hidráulicas são feitas junto a fase de levantamento das paredes, já que as tubulações passam por dentro dos blocos estruturais. Isso tudo é feito e especificado na planta estrutural da obra.

alvenaria estrutural

É importante dizer que, após ter construído um imóvel com a alvenaria estrutural talvez não seja possível fazer uma reforma nele, já que não se pode realizar a retirada e cortes de paredes.

Entre suas vantagens, podemos citar:

    • Redução do uso de revestimentos, como argamassa.
    • Otimização da mão de obra.
    • O desperdício é reduzido.
    • Garante uma facilidade de controle.
    • Simplicidade na execução.

No entanto, suas desvantagens incluem:

  • Como já dito, mudanças podem ser difíceis de serem feitas.
  • Seus vão e balanços são limitados.
  • Existem limitações estéticas.

Os blocos mais utilizados nela são os blocos de concreto e os blocos cerâmicos. Cada um deles tem suas próprias características, vantagens e desvantagens.

Alvenaria de vedação

Também pode ser chamada de convencional, ela tem como função a separação de ambientes e como o nome diz, a vedação. Em sua construção, utilizam-se estruturas como pilares e vigas de concreto armado ou estrutura metálica para a sustentação do edifício.

imagem da alvenaria de vedação

Na alvenaria de vedação, as opções e possibilidades para sua estética são maiores em relação à estrutural, pelo fato de se utilizar vigas e pilares para a sustentação da estrutura.

No entanto, uma grande desvantagem dela é que lhe falta uma mão de obra qualificada para o serviço e, qualquer descuido ocorrido na obra gera problemas sérios na construção, como por exemplo, paredes fora de prumo, nível e esquadro, isso pode gerar vários entulhos na obra.

Vale ressaltar que, ela se difere da alvenaria estrutural em alguns sentidos. Por exemplo, a alvenaria de vedação utiliza vigas e pilares e, a estrutural dispensa vigas e pilares.

Além disso, os custos e o tempo de execução da alvenaria de vedação são maiores, já que ela possui vigas e pilares, aumentando o custo total da obra. Em relação ao tempo, a estrutural é menor por não precisar montar e desmontar formas, curar e concretar.

Suas vantagens são:

  • Uma maior durabilidade, em relação aos outros materiais.
  • É oferecida uma flexibilidade e versatilidade maior.
  • Seus materiais de construção são mais baratos.
  • É mais aceitável pelos clientes por ser mais comum.
  • O custo-benefício em relação a todos os materiais disponíveis para vedação é melhor.
  • Futuras reformas são bem-vindas.

Entretanto, ela possui algumas desvantagens também, como:

  • Se for comparada as outras alvenarias, seu custo total é maior.
  • Utiliza mais revestimento em sua construção.
  • Seu tempo de execução é maior.
  • Produz uma quantidade excessiva de resíduos.

Alvenaria ecológica

As alvenarias ecológicas não são tão conhecidas quanto as demais, porém, elas ainda são uma boa sugestão para serem usadas. Assim como ou outros tipos de materiais sustentáveis, elas buscam uma alternativa ecológica ou reutilização de outros materiais em sua construção.

Ainda mais, os materiais são usados em uma mistura para a construção de um tijolo ecológico. Então, esse tijolo pode ser uma ótima alternativa para a obra, já que seu custo é baixo e ele é de fácil montagem,

Em sua cura, são usados o pó de mármore e cimento e, eles são pensados em uma prensa manual. Em seguida, é borrifada a água para sua cura e, depois disso, espera-se cinco dias e mais cinco para sua estabilização e uso para edificações.

Logo após esse processo, ele passa a garantir quase o dobro de resistência se comparado aos tijolos comuns. Ademais, o processo de construção com esses tijolos é feito com encaixe deles.

local da obra da alvenaria ecológica

Outrossim, lembre-se de sempre contatar um profissional capacitado para fazer esse processo das alvenarias. Portanto, confira a página de orçamentos do Entenda Antes para saber um pouco mais sobre o valor específico para o seu projeto.

Contudo, você gostou do artigo? Então, não se esqueça de acessar nossa Revista Digital e ficar por dentro das novidades do mundo da construção civil.

Orçamento grátis e seguro
Profissionais avaliados

Iremos te ajudar a realizar o seu sonho fechando o melhor negócio!

Deixe seu comentário