Conheça nossas Trilhas

20 de maio de 2024
13.24°C New York
Decoração com Gesso

Quais diferenças entre argamassa, massa corrida e gesso

Vai construir e não sabe a diferença entre argamassa, massa corrida e gesso? Não tem problema, explicamos para você nesta matéria. Apesar de todas elas serem soluções que visam tornar a superfície das paredes plana e regular, permitindo a aplicação do acabamento, como as tintas. Cada um dos produtos é indicado para situações específicas e é preciso que você Entenda Antes de construir ou reformar.

Argamassa

A argamassa é fundamental para a construção. Sua principal função é assentar tijolos, azulejos, blocos cerâmicos, revestimentos de parede, granitos, pisos porcelanatos e pisos cerâmicos. Além de ser um excelente material para corrigir ondulações e nivelar paredes, tetos e pisos.

São encontradas argamassas para uso interno, externo, piso sobre piso, para porcelanato e também nas cores cinza ou branca.

O ideal é utilizar o produto específico, pois isso confere maior qualidade e segurança na instalação, evitando problemas como o descolamento.

O consumo de argamassa é geralmente de 4 kg a 8 kg por m², dependendo do tamanho do revestimento. E é muito importante ler e prestar atenção nas instruções da embalagem, que indicam o modo de preparo, modo de uso, tempo de secagem e validade do produto. E outra dica importante,é que a argamassa deve ser armazenada em local coberto e longe de qualquer contato com a umidade.

Veja também: “O que é uma penthouse, descubra e veja exemplos.”

Decoração com Argamassa

Flávio Lima Arquitetura

Massa corrida

A massa corrida comum (PVA) é a opção ideal para paredes que precisam ser rebocadas, como por exemplo, aquelas que receberão pregos para fixação de quadros ou suporte para equipamentos eletrônicos. Já em superfícies externas e ambientes ambientes úmidos (banheiros e cozinhas), deve ser usada a massa corrida acrílica. Pois essa apresenta maior resistência ao vapor de água.

A massa corrida é comprada em latas e já vem pronta para uso e pode ser conservada dentro da lata devidamente tampada. No entanto, se o produto secar não deverá ser utilizado.

A aplicação do produto é feita com desempenadeira e espátula, deixando a superfície o mais lisa possível. E após sua aplicação a parede deverá ser lixada para eliminação de eventuais ondulações e imperfeições. Depois da retirada do pó decorrente do lixamento e antes da pintura, deve ser aplicado um selador.

Mas atenção! Paredes revestidas com argamassas com cal não devem receber massa corrida imediatamente. É necessário deixar a cal reagir com o ar durante algumas semanas.

Quando o ambiente que está sendo reformado estiver ocupado, a melhor alternativa é usar a massa corrida, pois ela faz menos sujeira do que o gesso. Apesar de ela necessitar de maior consumo de material e ter um custo maior, essas desvantagens são compensadas pela menor quantidade de pó.

Decoração com Massa Corrida

WR Gesso e Decoração

Gesso

O uso do gesso é aconselhável quando a alvenaria está regular, sem saliências, de maneira que a parede esteja plana. Seu uso pode dispensar emboço e o reboco quando os blocos de concreto ou de cerâmica são de boa qualidade. Assim, fazendo que o consumo do produto seja menor, se comparado ao consumo da massa corrida.

Quando a velocidade de execução da obra é uma prioridade, o ideal é usar o gesso diretamente sobre a alvenaria. Outra opção que visa diminuir o tempo de execução da obra é revestir a parede com argamassa de cimento! Então esperar que a mistura fique seca e, na sequência, aplicar o gesso.

O gesso é mais econômico do que a massa corrida e é comercializado em pó. O ideal é produzir somente o volume de gesso que será aplicado, já que, depois de seca, a massa não poderá ser reaproveitada.

Veja também: “Luz quente e luz fria, quais são as diferenças?”

Decoração com Gesso

A aplicação do produto é feita com desempenadeira e espátula, deixando a superfície o mais lisa possível. E após sua aplicação a parede deverá ser lixada para eliminação de eventuais ondulações e imperfeições. Depois da retirada do pó decorrente do lixamento e antes da pintura, deve ser aplicado um selador.

 _____________________________________________________________________

Criamos o Entenda Antes porque acreditamos que a troca de conhecimento, informação e experiência é o único meio que realmente tem o poder de melhorar as pessoas, melhorar os negócios e o mundo como um todo.

Acreditamos que não precisa ser difícil e demorado encontrar bons profissionais e realizar orçamentos para fazer um bom negócio. Fazemos isso porque o mundo pede mais agilidade, facilidade e comodidade.

Solicite um orçamento do que você precisa sobre o mundo da construção e iremos te ajudar a realizar o melhor negócio!

Importância da Fase de Acabamento

Qual a importância da fase de acabamento?

(Se preferir, clique no player para o ouvir a narração desse artigo! Queremos facilitar sua vida, desde consumir o nosso conteúdo até realizar o seu projeto.) =)

Qual a importância da fase de acabamento para a construção? Confira esse post e saiba porque ela é a etapa mais esperada da construção, onde você poderá dar seu toque pessoal. E para que tudo saia exatamente do seu jeito, confira esta matéria sobre a fase de acabamentos e Entenda Antes de colocar a mão na massa.

Fase de Acabamentos

WR Gesso e Decoração

A importância da fase de acabamento

Esta é a última fase da obra e também a hora de escolher e instalar pisos, gesso, revestimento, porcelanato, azulejo, pintura, armários, metais e louças sanitárias, decoração, etc.

Aqui, ao contrário do início da obra em que não existem dúvidas com relação aos materiais que serão utilizados, o fator estética dos materiais e também a questão dos preços, que podem variar muito de um produto para outro, podem gerar muito estresse e confusão.

É preciso, em meio ao cansaço da obra, saber equilibrar a expectativa e o impulso de querer comprar os acabamentos que estejam fora do orçamento e com isso, gastar mais do que o permitido.

Por isso, não perca o controle! Não se empolgue querendo inovar em um detalhe ou outro. Mantenha a calma e pense nos gastos que podem te levar ao endividamento desnecessário por causa de um simples capricho. Tente também fugir das últimas tendências da moda, elas costumam ter um preço bem mais elevado.

Esta etapa costuma ser a mais lenta da obra, por conta dos inúmeros detalhes e também da quantidade de pessoas que acabam se envolvendo com a obra.

Os principais serviços relativos à importância da fase de acabamento são os seguintes:

  • Revestimentos de paredes
  • Revestimentos de piso
  • Revestimentos de forro
  • Passagem da fiação e finalização das instalações elétricas
  • Assentamento e colocação das louças e metais sanitários
  • Colocação de caixilhos ou esquadrias
  • Retoques de azulejos e pisos
  • Colocação de armários/marcenaria
  • Colocação de vidros
  • Pintura geral externa e interna

Veja também: “Como reformar os ambientes do imóvel sem obra!”

Fase de Acabamentos

ARCHtec Arquitetura e Interiores

A importância da fase de acabamento na construção civil

O acabamento de uma obra é a parte da construção que ficará exposta e que será observada por todos. E além da beleza do imóvel, a qualidade do acabamento é a garantia de sua durabilidade e funcionalidade.

É bom destacar, por exemplo, que acabamentos e aplicação de má qualidade geralmente deixam vãos entre os pisos e revestimentos. E quando não higienizados, acabam acumulando poeira, restos de materiais, alimentos entre outros detritos que úmidos se tornam um local ideal para a proliferação de fungos, insetos e bactérias. E isso acaba afetando a higiene dos ambientes e até a saúde das pessoas, o que é perigoso, principalmente se você tem crianças em casa.

Assim, é fundamental que você escolha os produtos certos, com certificação ou selos que garantam desempenho, qualidade e durabilidade.

Não adianta economizar na obra e gastar depois com reformas ou trocas de peças dentro de 6 meses. Busque alternativas que facilitam a manutenção do acabamento, como por exemplo, tintas laváveis para as paredes. E não dispense as promoções, nelas você poderá encontrar materiais de qualidade por preços bem mais acessíveis.

E atenção! Cozinha e banheiro são ambientes que pedem acabamentos de qualidade, já que serão usados por todos. É preciso ser criterioso na escolha dos materiais hidráulicos e o melhor investimento é optar pelas marcas conhecidas no mercado.

Mas não adianta ter bons materiais se a mão de obra não for qualificada. Contar com mão de obra especializada em acabamento faz uma enorme diferença: evita desperdícios e quebras que levariam a novas compras e gastos imprevistos.

Fase de Acabamentos

Marcio Erlim – Arquiteto

Confie no seu arquiteto

A importância da fase de acabamento numa obra residencial é uma das mais caras, dependendo da escolha dos materiais utilizados. Mas você pode, com um bom projeto de arquitetura e um eficaz planejamento de obras, conseguir uma grande economia na seleção dos materiais mais adequados e vantajosos para cada ambiente do novo imóvel.

Por isso, é muito importante poder contar com um arquiteto de confiança que entenda as reais necessidades de toda a família e que possa dar boas e certeiras sugestões quando o assunto for acabamento. Aí, com tudo pronto, é só fazer uma boa faxina e preparar a mudança.

Fase de Acabamentos

Flávio Lima Arquitetura

Confira mais matérias como esta acessando a Revista do Entenda Antes!

_____________________________________________________________________

Criamos o Entenda Antes porque acreditamos que a troca de conhecimento, informação e experiência é o único meio que realmente tem o poder de melhorar as pessoas, melhorar os negócios e o mundo como um todo.

Acreditamos que não precisa ser difícil e demorado encontrar bons profissionais e realizar orçamentos para fazer um bom negócio. Fazemos isso porque o mundo pede mais agilidade, facilidade e comodidade.

Solicite um orçamento do que você precisa sobre o mundo da construção e iremos te ajudar a realizar o melhor negócio!

construção de um imóvel materiais

Veja agora os tipos de materiais para construir um imóvel!

Você sabe a diferença entre os diversos materiais que podem ser usados para construir seu imóvel? Madeira, concreto armado ou gesso, qual o melhor pra minha construção? Se você não entende nada sobre o assunto, acompanhe este post para que você Entenda Antes tudo que precisa sobre o assunto antes de começar sua obra.

A importância de escolher os materiais corretos

Uma etapa muito importante da sua obra é a escolha dos materiais que serão utilizados na sua construção.

Esse é um item fundamental que deve ser decidido junto com o seu arquiteto, independentemente do porte da obra, porque além da segurança é preciso pensar na durabilidade e no custo da obra.

 

Neste post vamos falar dos três materiais mais comuns que são, concreto armado, o madeira e gesso (drywall), e também das vantagens e desvantagens de cada um deles.

Veja também:Revestimento moderno que transforma, conheça o gesso 3D – Entenda Antes!

Concreto Armado

Concreto armado

Então, no Brasil, o concreto armado é o material mais usado quando pensamos em construir. Mas ele já é tradicional e faz parte da cultura da construção no país.

As vantagens do concreto armado são:

  • Primeiramente, o material e as ferramentas necessárias são facilmente encontrados em qualquer loja de materiais de construção;
  • Não necessita de mão de obra especializada;
  • A resistência do concreto aumenta com o passar do tempo;
  • Não precisa de manutenção;
  • O concreto se adapta a qualquer forma;
  • Impermeável se recebe tratamento específico;
  • É resistente ao fogo.

As desvantagens do concreto armado:

  • É um material pesado. Assim, quanto maior o peso da obra, maior será o gasto com a fundação do imóvel;
  • O concreto exige um tempo de cura que acaba paralisando algumas etapas da obra;
  • A estrutura de concreto armado é executada in loco e necessita de vários materiais diferentes;
  • Serão necessários vários profissionais para a produção da estrutura de concreto armado (armadores, carpinteiros, pedreiros e ajudantes);
  • No caso de reformas ou demolições, o uso do material as tornam trabalhosas;
  • A produção do cimento consome uma alta quantidade de energia, o que não é nada bom para o meio ambiente.

ARCHtec arquitetura e interiores

Madeira

Então, a madeira é um dos materiais de construção mais antigos do mundo. Portanto é usada como estrutura desde que o homem resolveu sair das cavernas e começar a construir suas casas.

Mas apesar de ser muito usada na construção de telhados e poder passar por diversos tratamentos que lhe conferem maior resistência e durabilidade, a madeira é pouco usada no geral.

As vantagens da madeira:

  • É mais leve que o concreto armado;
  • As ligações e emendas são fáceis de serem executadas;
  • É um material natural, reaproveitável e renovável;
  • Tem custo relativamente baixo;
  • Não necessita mão de obra muito qualificada;
  • Não precisa de equipamentos e ferramentas sofisticados;
  • A montagem é rápida;
  • Beleza;
  • É um material fácil de se encontrar.

As desvantagens da madeira:

  • Por ser um material orgânico, é heterogênea e pode apresentar muita variação entre as peças;
  • Absorve e perde umidade facilmente;
  • Necessita de tratamento contra o ataque de insetos e fungos,
  • Necessita de tratamento anti chamas.

Estrutura de Madeira - Casa Contemporânea - Canadá

Gesso (Drywall)

Estas também conhecidas como gesso acartonado. O drywall consiste em chapas com miolo de gesso e face em papel cartão. Então são empregadas em painéis simples ou duplos e com espessuras variadas. Portanto formam paredes e divisórias que podem substituir a alvenaria, resultando em construções versáteis.

Mas seus enchimentos podem apresentar diferentes isolamentos, como o térmico e o acústico.

As vantagens do gesso:

  • Facilidade e rapidez na execução;
  • Paredes de gesso são menos rígidas que as paredes de alvenaria que podem apresentar trincas ou fissuras;
  • Proporciona conforto térmico;
  • Reformas mais fáceis e com menos sujeira;
  • Facilidade de manutenção;
  • Econômico;
  • Pode receber inúmeros acabamentos, tais como texturas, pinturas, papéis de parede, cerâmica e azulejos.

As desvantagens do gesso:

  • O sistema é menos resistente a impactos do que a alvenaria;
  • Menor durabilidade;
  • Apresenta problemas de acústica;
  • Não deve ser usado nas áreas úmidas do imóvel.

WR Gesso e Decoração

Qual o melhor material para a minha construção?

Mas não é possível afirmar que esse ou aquele é o melhor material para sua construção. Pois cada caso é único e a resposta vai variar por conta de diversos fatores.

Inclusive, eles não precisam ser usados isoladamente. Podem ser feitas combinações e composições desses materiais, aproveitando as vantagens de cada um e minimizando as desvantagens.

Veja também: Cálculo rápido para descobrir a quantidade de material para a sua construção.

Confira mais matérias como esta acessando a Revista do Entenda Antes!

_____________________________________________________________________

Criamos o Entenda Antes porque acreditamos que a troca de conhecimento, informação e experiência é o único meio que realmente tem o poder de melhorar as pessoas, melhorar os negócios e o mundo como um todo.

Mas areditamos que não precisa ser difícil e demorado encontrar bons profissionais e realizar orçamentos para fazer um bom negócio. Fazemos isso porque o mundo pede mais agilidade, facilidade e comodidade.

Solicite um orçamento do que você precisa sobre o mundo da construção e iremos te ajudar a realizar o melhor negócio!

pergolado-de-gesso

Pergolado interno em gesso sofisticação para o seu ambiente – Entenda Antes!

(Clique no vídeo para acompanhar visualmente esse artigo!) (Se preferir, clique no player para o ouvir a narração desse artigo! Queremos facilitar sua vida, desde consumir o nosso conteúdo até realizar o seu projeto.) =) As inúmeras novidades de decoração que vem surgindo, estão fazendo os objetos mais simples, se tornarem peças essenciais e sofisticadas […]

Shopping Basket
1