10 dicas para você começar a fazer um jardim vertical

Como fazer um jardim vertical?

Você sabe o que é um jardim vertical? Gostaria de também de fazer um jardim vertical na sua casa ou empresa?

O jardim vertical, também chamado de ecoparede, é uma intervenção paisagística em paredes externas e/ou internas dos edifícios. Uma vez que, as ecoparedes são paredes cobertas por vegetação através de diversas técnicas. Quem vive em área urbana ou sem espaço para um bom quintal, muitas vezes sente falta do contato com a natureza. Por isso, o jardim vertical  é a solução para quem gostaria de cultivar umas plantinhas. Mesmo que em um apartamento ou espaço mínimo para elas.

Basta escolher um canto de sua casa para acolher o verde, harmonizando com os demais ambientes. Um jardim vertical pode ser instalado não apenas numa parede. Mas também, num canto ou até mesmo numa sequência de espaços como prateleiras e aparadores.

O que achou da ideia? Se gostou, confira algumas dicas de como fazer um jardim vertical de maneira prática. Mesmo que, com o pouco espaço que você possua.

Como fazer um jardim vertical?

O que é um jardim vertical?

Um jardim vertical é um jardim fixado no sentido vertical ou suspenso por suportes na vertical em paredes ou muros, criando painéis verdes com plantas de diversas espécies.

Atualmente, os jardins verticais vêm sendo muito usados em fachadas de edifícios com propostas sustentáveis. E isso se dá porque ele cria um isolamento acústico e térmico natural. Além disso, ajuda no controle da iluminação natural que incide sobre as fachadas dos edifícios.

Assim, muitos edifícios de grande porte estão investindo no jardim vertical. Com o propósito de, economizar energia, reduzir a poluição do ar e poluição sonora. Tanto quanto, criar ambientes mais amigáveis para quem mora ou trabalha neles.

Mas se engana quem pensa que o jardim vertical é uma exclusividade dos grandes edifícios. Você também pode fazer um jardim vertical, do tamanho que desejar.

 

Como fazer um jardim vertical em uma parede interna

Os benefícios de um jardim vertical

Entre os benefícios de um jardim vertical podemos citar os seguintes:

  • Ajudar na diminuição dos efeitos da emissão de carbono, reduzindo a poluição do ar e melhorando sua qualidade e umidade;
  • Ajuda a aumentar os níveis de oxigênio nos ambientes e edifícios;
  • Contribui para a reutilização da água;
  • Contribuir para o isolamento acústico e térmico da construção;
  • Aumentar a durabilidade dos prédios, pois diminui a amplitude térmica, e faz captação do ar quente e de energia solar;
  • Paredes verdes são uma ótima opção em áreas de clima árido e quente. Visto que, a evaporação da água neles é menor do que em jardins horizontais. Além disso, nas paredes externas dos prédios auxilia na redução da temperatura.

Como fazer um jardim vertical em uma varanda

Dicas de como fazer um jardim vertical

Agora que você já sabe o que é e quais são os seus benefícios, é importante saber também:

1- Observe seus espaços a preencher

Um meio ambiente harmônico é aquele em que tudo tem o seu lugar e que nenhuma área é invadida pela outra. De nada adianta você amar sua samambaia e colocá-la pendente no teto acima da televisão,  por exemplo. Isso pode não ser uma boa ideia. 

Para fazer um jardim vertical, a primeira coisa que dever ser feita  é olhar em volta. Sem dúvida, é importante perceber onde há espaços livres na casa. Bem como, uma parede branca, um canto da área de serviço, o parapeito de uma janela. Ou você pode abrir um espaço especial para o seu jardim e aí começar a escolher as plantas. 

2- Pense no custo benefício, agregue valores.

Não adianta investir alto numa orquídea de colecionador se não tiver tempo ou souber cuidar dela. Pense em sua rotina, em sua família. Há filhos pequenos? Não cultive a venenosa comigo-ninguém-pode, por exemplo. Viajam muito? Pense em cactos ou suculentas. Por outro lado, caso tenha sempre alguém cuidando da manutenção, pense em cultivar mini hortas e plantar temperos ou ervas medicinais.

Lembre-se, ao investir em plantas, pense que está investindo na harmonia do lar e no meio ambiente onde vive a família.  

Jardim Vertical - Como fazer um jardim vertical

3-  Antes de comprar, escolha plantas com as mesmas necessidades para o mesmo espaço

O solo, o clima e a irrigação devem ser levados em conta antes do plantio do seu jardim.

Cuidado para não cair no erro e dividir no mesmo espaço plantas que são de luz e de sombra. Igualmente com as de solo arenoso e solo argiloso. Se as plantas tiverem características diferentes uma delas será eliminada. Pois a outra, com as condições adequadas, lhe roubará todos os nutrientes. 

4- Irrigação

Fazer um jardim vertical é assumir um compromisso com a água. Suas plantas precisarão ser hidratadas adequadamente, algumas sempre  e outras nem tanto. Assim, mantenha uma rotina. Além disso, estude sobre elas e tenha fresco o conhecimento de quais delas precisarão ser mais irrigadas que as outras. Cuidado também para não encharcar o solo, dê a eles apenas o suficiente para matar a sede.

E claro, em caso de viagens, planeje antes! Por exemplo, um gotejamento contínuo que pode ser feito por implementação de uma garrafa pet perto do solo.

5- Adubação

Muitas vezes o solo precisa ser corrigido ou nutrido. Você pode optar por comprar terra adubada já no plantio. Pode também utilizar húmus de minhoca que é um bom suplemento para nutrir o solo.

Existe também, adubações caseiras que você pode produzir e utilizar em seu jardim. Procure saber sobre, por exemplo:

  • farinha de ossos;
  • casca de ovos
  • compostagem caseira;

6-  Mini horta saudável

Plantar horta em jardim vertical é relativamente fácil. Se você tem animais domésticos deixe os vasos longe do acesso deles. Gatos adoram passear pelo jardim e cães tradicionalmente cavam a terra. Observe também insetos e pulgões. Porém se encontrar joaninhas deixe elas se alimentam de pequenas pragas. Se quiser, deixe no chão um vaso largo de erva de gato e permita que seu bichano se delicie.

Jardim Vertical - Como fazer um jardim vertical

7- Um espaço para plantas pendentes ou trepadeiras

Algumas plantas são mais vistosas e nada discretas. As pendentes como como samambaias, morangos e avencas, precisam de um espaço vertical mais exclusivo. Você pode optar por colunas, aparadores exclusivos ou correntes no teto.

Morangos, por exemplo podem ser plantados harmonicamente num grande arranjo vertical. Já as trepadeiras, necessitam  de mais espaço.

8- Quadro vivo

Uma forte tendência entre os jardins verticais é o investimento em “quadros-vivos”. Trata-se de substituir as pinturas e pratos de parede por quadros com cachepôs e vasinhos sob medida. Entretanto, é importante que não pesem muito e possam ser pendurados como obra de arte.

Basicamente, é uma troca da apreciação de naturezas morta por natureza viva!

Jardim Vertical - Como fazer um jardim vertical

9- Compartilhe espaços e bem estar

Aproveite para fazer do seu cantinho verde um espaço comum agradável no lar. Um aconchego onde você possa meditar, ler um livro, ouvir música ou conversar com família e amigos. Enfim, um lugar para respirar.

10 – Feng Shui

Se você tiver acesso e interesse, pode procurar estudar um pouco sobre Feng Shui, uma prática chinesa de harmonização de ambientes, em busca de fluidez de boas energias para sua casa. Por meio dessa prática milenar, há boas dicas de onde escolher locais indicados para certas plantas que ajudam a cortar energias negativas.

Por exemplo, há plantas certas para banheiros e cozinhas, que puxam para si toda a sujeira e energia ruim. Há também plantas de proteção como Espada de São Jorge e bonsais que ajudam em terapias holísticas.

Jardim Vertical - Como fazer um jardim vertical

Como escolher as plantas do seu jardim vertical

Agora que você já sabe mais sobre o assunto, é hora de escolher as plantas do seu jardim vertical. E sobre esse assunto temos aqui no blog um artigo muito interessante que você também vai gostar de ler: Quais plantas usar no jardim vertical?

Seja por necessidade de verde ou apenas para preencher os espaços, um jardim vertical confere benefícios. Sendo eles, ao meio ambiente urbano e a harmonização do lar. Além disso, é agradável aos olhos. Afinal, esse espaço de natureza faz bem para a alma e torna o ambiente mais limpo e agradável.

Gostou do nosso conteúdo sobre como começar a fazer um jardim vertical? C0nfira então o nosso artigo: Como montar um jardim vertical de forma simples e fácil? E também Dicas de como montar uma parede verde que dê pouca manutenção!  

Orçamento grátis e seguro
Profissionais avaliados

Iremos te ajudar a realizar o seu sonho fechando o melhor negócio!

Deixe seu comentário