Conheça nossas Trilhas

23 de junho de 2024
33.58°C New York
Retorno do investimento na construção civil

Como calcular o retorno do investimento na construção civil

(Se preferir, clique no player para o ouvir a narração desse artigo! Queremos facilitar sua vida, desde consumir o nosso conteúdo até realizar o seu projeto.) =)

Realizar um investimento em imóveis é algo muito atraente. Por outro lado, pode trazer uma série de inseguranças no que diz respeito ao retorno do investimento. A boa notícia é que, utilizando alguns cálculos e comprando as propriedades certas, fica mais fácil garantir o retorno do seu dinheiro investido na construção civil.

Portanto, quer saber como são feitos esses cálculos? Então continue lendo este texto e desvende todos os mistérios do retorno sobre o investimento (ROI).

Boa leitura e bons negócios!

O que é a taxa de retorno do investimento ou ROI na construção civil?

A métrica do ROI, do inglês return on investment, é muito utilizada em diversas áreas, inclusive no mercado de imóveis. Ela é responsável por medir o lucro sobre qualquer ação que tenha exigido um investimento, seja de um indivíduo, seja de uma empresa.

No caso dos investimentos na construção civil, o ROI é capaz de fornecer ao investidor um potencial de renda da quantia investida. Ou seja, considerando o valor da propriedade, essa equação consegue determinar a capacidade de rendimento do imóvel comprado.

Veja também: “Como está o mercado da construção civil no Brasil?”

Nesse caso, existem duas maneiras de obter um retorno do investimento em imóveis:

  • Aluguel: o proprietário aluga seu imóvel e garante uma remuneração fixa mensal do locatário;
  • Venda: o proprietário vende seu imóvel, após um período de valorização, por um valor maior do que aquele que pagou por ele.

Retorno do investimento na construção civil

O que deve ser considerado na hora de comprar um imóvel?

Antes de fechar a compra de um imóvel é preciso analisar alguns pontos. Só assim, as chances  de garantir um bom retorno do investimento são maiores.

Você deve analisar:

Perspectiva de rentabilidade

O investimento na construção civil é muito seguro no Brasil. Mesmo em momentos de crise econômica as propriedades continuam sendo valorizadas.

Mesmo assim, com altas chances de ter um alto retorno do investimento, é importante analisar todas as propostas antes de fechar uma compra. Por isso, é aconselhável contar com a ajuda de profissionais capacitados e experientes no setor imobiliário.

Tempo de retorno do investimento

A pergunta que você deve fazer ao comprar um imóvel é: quantos anos esse investimento vai demorar para trazer um retorno do investimento para o meu bolso?

No caso de aluguéis, é importante calcular qual vai ser o valor cobrado pela locação e quanto tempo esse imóvel precisa ficar alugado para que o investimento seja coberto e ultrapassado, gerando uma renda extra no seu orçamento.

Já se a ideia é comprar para vender, sendo assim, é fundamental ter uma perspectiva de valorização da região onde o imóvel está localizado. Com essa informação em mãos, é possível prever a porcentagem de lucro que você terá após algum tempo.

Situação do mercado imobiliário atual

Sem dúvida é importante escolher o melhor momento para realizar o seu investimento. Assim, você conseguir preços mais atraentes, aumentando as chances de um bom retorno do investimento.

Por exemplo, em momentos de crise, é alto o volume de propriedades disponíveis e você pode conseguir comprar por um preço menor o imóvel desejado.

A possibilidade de lucro sobre o imóvel

Para conseguir um bom ROI é preciso confirmar se o imóvel tem chances reais de proporcionar um rendimento atrativo.

Apenas com esse cálculo você terá certeza de que seu dinheiro vai ser valorizado, dessa forma evitando prejuízos.

Retorno do investimento na construção civil

Veja também: “Descubra fatores que afetam a valorização do imóvel”

Como é feito o cálculo do retorno do investimento na construção civil?

Para realizar o cálculo do ROI, é necessário ter em mãos as seguintes informações:

  • O valor total do seu investimento no imóvel;
  • Quantidade que será gasta com reformas e/ou mobílias;
  • Todas as cobranças de impostos e taxas de manutenção.

Com esses valores, você vai ter a quantia exata de tudo o que foi desembolsado para manter o imóvel.

Contudo, vejamos agora a equação utilizada para o cálculo do ROI:

ROI = (retorno – custo do investimento) / custo do investimento

Exemplo:

Você comprou um imóvel na planta por R$ 500 mil. Somando os gastos com manutenção, reforma e impostos, o seu investimento final nessa propriedade foi de R$ 600 mil. Quando a construção foi finalizada, dois anos depois da compra, o imóvel teve uma valorização e a propriedade foi vendida por R$ 900 mil.

Sendo assim, ao realizar o cálculo do ROI:

ROI = (R$ 900.000,00 – R$600.000,00) / R$ 600.000,00

ROI = 0,5 = 50 %

Ou seja, o retorno sobre esse investimento foi de 50%, ou R$300 mil.

Simples, não? Agora que você já sabe tudo sobre a taxa de retorno do investimento na construção civil, então, não perca tempo e comece a pesquisar qual vai ser a sua próxima aquisição.

No mais, continue seguindo nosso blog. Aqui você encontra sempre novidades sobre projetos de Arquitetura, Construção Civil, Design, Iluminação e Decoração.

Umidade em Imóvel

Umidade em imóveis, como resolver?

Você entra em casa e percebe que o ambiente não está tão acolhedor. As roupas cheiram mal, a atmosfera é carregada e as paredes têm manchas. Tudo isso é sinal do excesso de umidade no interior.

Essa situação é bem comum, principalmente no Brasil, onde temos um clima tropical. Os dias ensolarados, as temporadas de chuva facilitam o acúmulo de umidade. Mas, além dos fatores naturais, as condições da construção também contribuem para aumentar a umidade no interior das casas.

Se você está com esse problema, é melhor resolver o quanto antes. O excesso de umidade em casa pode comprometer a estrutura do imóvel, incentivar o crescimento de fungos e provocar problemas de saúde.

O que causa a umidade nos imóveis?

Todas as atividades que fazemos em casa adicionam umidade ao ar: cozinhar, tomar banho, lavar louça e secar roupas, por exemplo. Isso torna o controle de umidade bem complicado, especialmente no inverno. Com as portas e janelas fechadas, cria-se um ambiente propício para o acúmulo de umidade que pode descer para as paredes ou elementos estruturais.

Outra causa comum para o surgimento de umidade nos imóveis é a entrada de água da chuva. Seja por causa de portas e janelas abertas ou porque a construção não possui o isolamento adequado.

Veja também: Diversas opções e estilos para construir em seu terreno. Descubra!

Umidade em Imóvel

Você entra em casa e percebe que o ambiente não está tão acolhedor. As roupas cheiram mal, a atmosfera é carregada e as paredes têm manchas. Tudo isso é sinal do excesso de umidade no interior.

Essa situação é bem comum, principalmente no Brasil, onde temos um clima tropical. Os dias ensolarados, as temporadas de chuva e a alta umidade relativa do ar facilitam o acúmulo de umidade nos imóveis. Mas, além dos fatores naturais, as condições da construção também contribuem para aumentar a umidade no interior das casas.

Se você está com esse problema, é melhor resolver o quanto antes. O excesso de umidade em casa pode comprometer a estrutura do imóvel, incentivar o crescimento de fungos e provocar problemas de saúde.

O que causa a umidade nos imóveis?

Todas as atividades que fazemos em casa adicionam umidade ao ar: cozinhar, tomar banho, lavar louça e secar roupas, por exemplo. Isso torna o controle bem complicado, especialmente no inverno. Com as portas e janelas fechadas, cria-se um ambiente propício para o acúmulo de umidade que pode descer para as paredes ou elementos estruturais.

Outra causa comum para o surgimento de umidade nos imóveis é a entrada de água da chuva. Seja por causa de portas e janelas abertas ou porque a construção não possui o isolamento adequado.

Umidade em Imóvel

Umidade em casa: como eliminar

Deixe a casa bem ventilada

Uma ventilação adequada nos ambientes internos é a forma mais simples e barata de controlar e evitar o excesso de umidade. Para isso, você pode contar com a ventilação natural das portas e janelas. Nesse caso, é importante que a sua construção facilite a entrada de vento e luz solar.

Se o ambiente não possui fontes de vento natural, você pode contar com a ventilação forçada, ou seja, aquela que é feita por ventiladores e exaustores, por exemplo.

Umidade em Imóvel

Elimine problemas na estrutura

É essencial eliminar as possíveis causas de umidade na estrutura da construção. Então, verifique se há rachaduras nos tijolos, condensação dentro das paredes ou até um cano de água estourado. Sem corrigir tais problemas, qualquer outro esforço para eliminar a umidade será inútil.

Umidade em Imóvel

Impermeabilização interna e externa

Para controlar e prevenir problemas com a umidade, é essencial fazer uma impermeabilização no imóvel. A argamassa impermeabilizante é um dos melhores materiais para resolver umidade por capilaridade e infiltrações, e pode ser usada em ambientes internos e externos.

Já as tintas impermeabilizantes são efetivas para solucionar problemas com a umidade que entra pelas rachaduras das paredes e tetos. Essa é uma solução econômica e simples, já que não exige mudanças estruturais.

Umidade em Imóvel

Percebeu como é simples resolver e evitar a umidade no interior de casa? Então, se o seu ambiente está com excesso de umidade, é recomendável buscar a solução o mais rápido possível. Assim, você consegue evitar danos graves na construção e manter a atmosfera da casa agradável e saudável para os moradores.

Confira mais matérias como essa acessando a Revista do Entenda Antes!

_____________________________________________________________________

Criamos o Entenda Antes porque acreditamos que a troca de conhecimento, informação e experiência é o único meio que realmente tem o poder de melhorar as pessoas, melhorar os negócios e o mundo como um todo.

Acreditamos que não precisa ser difícil e demorado encontrar bons profissionais e realizar orçamentos para fazer um bom negócio. Fazemos isso porque o mundo pede mais agilidade, facilidade e comodidade.

Solicite um orçamento do que você precisa sobre o mundo da construção e iremos te ajudar a realizar o melhor negócio!

Garagem

Garagem, como definir esse espaço em sua casa

(Se preferir, clique no player para o ouvir a narração desse artigo! Queremos facilitar sua vida, desde consumir o nosso conteúdo até realizar o seu projeto.) =)

A garagem é uma parte importante em qualquer imóvel. Esse espaço serve para manter seus veículos seguros e protegidos do sol e da chuva.

Assim como qualquer outro cômodo da casa, a garagem também precisa ser construída de acordo com as necessidades dos moradores. Mas, é claro, com um belo design, afinal ela também será responsável por deixar a fachada mais bonita.

Então, antes de construir ou remodelar seu espaço, explore os diferentes tipos de garagem e encontre o modelo ideal para sua casa!

O que considerar antes de definir o tipo de garagem

Para que a sua garagem seja um espaço prático, funcional e bonito, é preciso considerar alguns aspectos importantes antes de definir o design.

Garagem

Determine suas necessidades

Primeiramente, pense nas razões que justificam a construção de uma garagem e como você planeja usá-la. Faça algumas perguntas, como por exemplo:

  • Você pretende estacionar quantos carros?
  • A garagem vai ter outra utilidade, como sala de armazenamento ou oficina?
  • Precisa de tomadas ou iluminação extra?

Veja também: Como alinhar as suas necessidades com o projeto arquitetônico?

Tamanho da garagem

O tamanho da garagem é, sem dúvida um dos aspectos mais importantes a considerar no planejamento. Um espaço desnecessariamente grande reduz o espaço disponível no terreno, enquanto uma garagem muito pequena limita sua área para manobrar os veículos.

Geralmente, o tamanho mínimo para uma única vaga na garagem é de 3,5m de largura e 6,5m no caso de garagem para dois carros. No entanto, esses números são apenas uma estimativa. Para determinar a medida correta você precisa considerar o tamanho, tipo e quantidade de veículos que serão abrigados no local.

Arquitetura da casa

Levar em conta o estilo de arquitetura da sua casa pode ajudar a encontrar o tipo certo de garagem, afinal, a garagem faz parte da construção e deve harmonizar com o restante da casa.

Tipos de garagem

Agora que você já sabe tudo precisa considerar antes de construir ou reformar sua garagem, chegou a hora de encontrar o modelo ideal para você. Confira as dicas e inspirações abaixo!

Contemporânea

O design de casa contemporânea que apresenta linhas retas e materiais de alta tecnologia deve ter um tipo de garagem similar. Um espaço amplo e sem muitos detalhes rebuscados é uma escolha popular. Em relação aos portões, os elementos de metal e vidro são a combinação perfeita para uma garagem contemporânea.

Garagem

Bruna Alvim Campos

Nesse projeto moderno, a cobertura da garagem tem dupla função e também funciona como terraço. A área para estacionar os carros é bem espaçosa e ainda consegue abrigar outros veículos, for necessário.

Veja também: Estilos de decoração: O estilo contemporâneo – Entenda Antes!

Flutuante

Para quem quer ousar na hora de escolher o tipo de garagem, esse é o modelo perfeito. Enquanto a construção está suspensa, a área livre abaixo torna-se o ambiente ideal para abrigar os carros, proporcionando um design incrível para a fachada da casa.

Garagem

ARCHtec arquitetura e interiores

Varanda

É possível usar a varanda que você já tem em casa e fazer adaptações para transformá-la em uma garagem. Ou criar um projeto para ampliar a casa. Essa é uma boa solução, principalmente para quem tem pouco espaço e pretende dar outras utilidades à garagem, como incluir uma área de lazer ou descanso.

Garagem

ARCHtec Arquitetura e Interiores

Tradicional

No estilo tradicional, a garagem funciona como uma pequena extensão na lateral da casa. Esse é um tipo de garagem simples e tradicional que complementa o visual da fachada, além de ser prático no dia a dia.

Garagem

ARCHtec Arquitetura e Interiores

Nesse projeto, a garagem fica à frente da porta de entrada, facilitando o acesso para o interior da casa e o portão cria uma uniformidade na fachada.

Rústica

Também é possível criar sua garagem seguindo o estilo das casas de campo. Observe esse projeto incrível onde o portão de madeira remete às porteiras de fazendas! E a cobertura para abrigar o carro foi feita com um pergolado.

Garagem

Bruna Alvim Campos

Esse tipo de estrutura de madeira é ideal para quem deseja criar uma cobertura simples, mantendo o carro em uma área com sombra leve. Além disso, a madeira no portão e no pergolado proporcionam uma aparência rústica e aconchegante ao mesmo tempo.

Confira mais matérias como esta acessando a Revista do Entenda Antes!

_____________________________________________________________________

Criamos o Entenda Antes porque acreditamos que a troca de conhecimento, informação e experiência é o único meio que realmente tem o poder de melhorar as pessoas, melhorar os negócios e o mundo como um todo.

Acreditamos que não precisa ser difícil e demorado encontrar bons profissionais e realizar orçamentos para fazer um bom negócio. Fazemos isso porque o mundo pede mais agilidade, facilidade e comodidade.

Solicite um orçamento do que você precisa sobre o mundo da construção e iremos te ajudar a realizar o melhor negócio!

Shopping Basket
1