A diferença entre Urbanismo e Antiurbanismo. Entenda Antes!

A comodidade e facilidade com que as coisas são oferecidas para auxiliar nas atividades do nosso cotidiano, tornou-nos dependente de tudo que a cidade proporciona. Seja dentro de casa, no trabalho, no trânsito, e em diversos outros espaços. O ambiente urbano possui particularidades que vão se transformando ao longo do tempo. Vão se adaptando às necessidades do espaço e do indivíduo.

Por essa razão existe essa dependência do sujeito, ao usufruir daquilo que lhe é ofertado. Passa a impressão de aquilo é o mais adequado para tal situação, pela sua comodidade. Como por exemplo, circular por determinadas vias, mesmo em que nela haja congestionamento. Ou então circular pelas ruas, mesmo que o tráfego de pessoas seja intenso.

Veja também: Qual é o papel do Urbanista na sociedade? Entenda Antes!

As ações que desempenhamos no dia-a-dia tornaram-se tão habituais, que não percebemos que o que vemos é comum. Por isso a necessidade de um bom planejamento urbano para que este e tantos outros problemas que estão presentes na cidade sejam solucionados.

Por todas essas dificuldades que o espaço urbano enfrenta, muitos acreditam que o meio rural ainda é o melhor lugar. Tanto para um bom desenvolvimento pessoal e também do ambiente. Mesmo com o crescimento das cidades, surgimento de indústrias e a oportunidade de emprego. Mas para muitas pessoas, e consequentemente a ida delas para a cidade, muitos optaram por permanecer no campo e por acreditarem em uma melhor qualidade de vida.

Essa negação à cidade, e o caos em que muitas delas se tornaram pelo crescimento desordenado, é vista como Antiurbanismo por muitas pessoas. Já que foge do verdadeiro ideal de cidade, em que ela deveria “funcionar” da melhor forma.

Diferença entre Urbanismo e Antirubanismo

Antiurbanismo

O Antiurbanismo traz a ideia de que as cidades estão ficando cada vez mais tumultuadas, e menos funcionais. O desejo das indústrias em crescer progressivamente, traz muitas conseqüências ao redor de si. Algumas positivas, como o aumento de empregos para a população e o crescimento da economia.

Porém outras nem tanto, como algumas conseqüências que são um tanto quanto prejudiciais à cidade no geral. Principalmente no que diz respeito ao meio ambiente. Em virtude de ser necessário em muitas vezes, a retirada de vegetação para dar lugar às grandes edificações. Assim como também muitas indústrias que se aglomeram em espaços inapropriados. Onde pode não estar prontos para recebê-las, gerando grande impacto de vizinhança, por vezes, negativos.

Além do antiurbanismo ser de certa forma uma aversão ao espaço urbano, ele está ligado ao fato de que o campo pode ser tão produtivo quanto a cidade.

Com diversas pequenas indústrias agrícolas, é possível gerar empregos sem a utilização de produtos mecanizados, gerando menos impacto ambiental, o relacionamento e encontro entre as pessoas não se resume em esbarrões ocasionados pelo fluxo dos metrôs e ônibus onde mal se olham ou se cumprimentam, a construção de casas ao invés de prédios residenciais incentiva a preservação do meio ambiente com a plantação de árvores, etc.

Logo, a concepção de Antiurbanismo é contrária ao que o Urbanismo dedica-se, que é saber solucionar os problemas que o crescimento da cidade provoca.

Urbanismo

O Urbanismo é responsável pelo planejamento das cidades, pois o desenvolvimento delas depende de projetos que solucionem as dificuldades que elas enfrentam devido ao seu crescimento acelerado. E devido a essa rapidez com que as cidades crescem, existe a necessidade da intervenção de profissionais para torná-las organizadas ou pelo menos amenizar os efeitos dessas aglomerações.

A organização do trânsito, por exemplo, faz parte de um bom planejamento urbanístico. Uma vez que a frota de automóveis vem aumentando cada vez mais. Assim fazendo das ruas um verdadeiro caos pela grande concentração de veículos em um mesmo espaço. Não só o trânsito, mas há também diversos outros aspectos urbanísticos que influenciam no desenvolvimento das cidades. Seja ele no aumento das construções ou no fluxo intenso de pessoas e veículos.

Mas independentemente de qual situação encontra-se em desordem, o Urbanismo deve interferir para fazer com que a cidade caminhe.

Fazendo uma análise sobre o Urbanismo e o Antiurbanismo, é possível notar que tanto um quanto outro, possuem pontos positivos e negativos. Há aqueles que defendem que o campo ainda é o melhor lugar para se viver com tudo que ele proporciona, e “excluindo” a utilidade de centros urbanos para o desenvolvimento.

Veja também: Qual é o papel do Urbanista na sociedade? Entenda Antes!

E também há os que defendem que a cidade mesmo com todos os seus defeitos e as dificuldades que ela enfrenta para conseguir tornar o espaço mais habitável, continua sendo um local em que ela oferece a praticidade e comodidade para as atividades do cotidiano.

Portanto, não existe o certo e o errado, pois cada indivíduo se adapta àquilo que lhe é mais apropriado.

_____________________________________________________________________

Criamos o Entenda Antes porque acreditamos que a troca de conhecimento, informação e experiência é o único meio que realmente tem o poder de melhorar as pessoas, melhorar os negócios e o mundo como um todo.

Acreditamos que não precisa ser difícil e demorado encontrar bons profissionais e realizar orçamentos para fazer um bom negócio. Fazemos isso porque o mundo pede mais agilidade, facilidade e comodidade.

Solicite um orçamento do que você precisa sobre o mundo da construção e iremos te ajudar a realizar o melhor negócio!

Orçamento grátis e seguro
Profissionais avaliados

Iremos te ajudar a realizar o seu sonho fechando o melhor negócio!

Deixe seu comentário