Revestimento, o que é e quais são os tipos? Ideias para você. Entenda Antes!

Está construindo ou reformando e não sabe o que é o revestimento? Confunde revestimento com piso? Ou ainda não faz ideia de quais os tipos de revestimentos existentes no mercado? Então esta matéria é para você! Confira e Entenda Antes de começar sua obra tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Design Reveste Pinta

O que é o revestimento

Revestimento é a camada externa que cobre a alvenaria (camada externa das estruturas das paredes ou piso que se utilizam de cal, cimento ou gesso). São revestimentos os azulejos, porcelanatos, cerâmicas, pastilhas e pedras utilizadas para revestir os pisos e as paredes.

Veja também: 7 dicas do que saber antes de comprar pisos e revestimentos – Entenda Antes!

O revestimento causa grande impacto na estética e no estilo da construção. Porém, além da questão estética, na hora de escolher o revestimento deve-se também considerar o local onde será aplicado.

A escolha do modelo e tipo de material está diretamente ligada à função do cômodo e a exposição ao sol. O revestimento usado na parte externa da casa deverá ser diferente do aplicado na área interna, visto que na primeira ele ficará exposto ao tempo (sol, chuva, ventos).

Mas não adianta nada ter um revestimento bonito, de boa qualidade e adequado ao local de instalação se a mão de obra contratada para o serviço não for capacitada.

Vejamos agora os tipos de revestimentos mais comuns no mercado.

RD REFORMA RÁPIDA E CONSTRUÇÕES

Tipos de revestimentos

Existem inúmeros tipos de revestimentos no mercado,para todos os gostos e bolsos, e os mais comuns são:

Azulejos

Trata-se de um produto cerâmico que possui uma superfície lisa coberta por uma camada de esmalte. Podem ser encontrados em diferentes tamanhos, cores, acabamentos e desenhos.

Os tamanhos mais comuns são: 15×15; 30×30; 35×35 30×60; 40×90; 45×45; 50×50.

E os tipos de acabamento mais encontrados são:

  • Brilhante: com esmalte de alto brilho;
  • Acetinado: esmaltado, porém com brilho menos intenso;
  • Estampado: esmaltado com diferentes desenhos e estampas.

Bruna Alvim Campos

Veja também: Azulejo português: saiba mais sobre esse tipo de revestimento – Entenda Antes!

Pastilhas

Também são materiais cerâmicos e se diferenciam dos azulejos por conta do tamanho, pois são bem menores.

São encontradas de diversos tipos, cores, acabamentos e materiais. Possuem uma durabilidade muito alta, e podem ser utilizadas em locais úmidos e áreas externas como fachadas.

Flávio Lima Arquitetura

Porcelanatos

O porcelanato é uma placa cerâmica fabricada com alta tecnologia de prensagem em elevadas temperaturas. Por meio desse processo as peças ganham alta resistência e baixa porosidade, ou seja, pouca absorção e água.

Podem ser considerados de alguns modelos diferentes:

Porcelanato polido

Possuem superfície lisa e brilhante. São Indicados para ambientes secos e de destaque da casa, como salas, corredores e quartos.

Porcelanato acetinado

Possuem acabamento de brilho mais discreto e acetinado. São mais resistentes e tornam o ambiente mais aconchegante, por isso são ideais para quartos e salas.

Porcelanato esmaltado

Porcelanato que recebe uma camada de esmalte, permitindo que possa ser estampado com diferentes desenhos. Pode ser utilizado em ambiente úmidos e secos.

Porcelanato estruturado

Esse tipo de porcelanato apresenta uma superfície levemente abrasiva. e é uma ótima opção para áreas úmidas, tais como banheiros, decks, áreas de piscinas e saunas.

Porcelanato natural

Esses porcelanatos não possuem acabamento, não são polidos e nem esmaltados. São mais resistentes e ásperos. Indicado para áreas externas de residências e para áreas comerciais.

PRIMORE Engenharia e Design

Pedras

São encontradas em diversos tamanhos e cores e podem ser utilizadas em ambientes internos e externos.

Deve-se tomar cuidado em evitar utilizar pedras porosas em ambientes úmidos. Quando bem combinadas, as pedras garantem alta durabilidade nos ambientes.

Como calcular a quantidade de revestimento

Para determinar a quantidade de revestimento que você precisará comprar para sua reforma ou construção, será necessário calcular a área da superfície a ser revestida multiplicando a largura x comprimento.

Depois disso, será preciso calcular área da peça escolhida, levando em consideração a espessura do rejunte. Ou seja, você irá multiplicar (comprimento da peça + espessura rejunte) x (largura da peça + espessura do rejunte).

Feito isso, basta dividir a área da superfície a ser revestida pela área da peça escolhida, determinando assim a quantidade de peças necessárias.

Porém, vale anotar esta dica importante: é preciso levar em conta a taxa de perda de materiais, pois peças de revestimentos podem precisar de recortes e quebrar durante o processo.

Veja também: Revestimento moderno que transforma, conheça o gesso 3D – Entenda Antes!

_____________________________________________________________________

Criamos o Entenda Antes porque acreditamos que a troca de conhecimento, informação e experiência é o único meio que realmente tem o poder de melhorar as pessoas, melhorar os negócios e o mundo como um todo.

Acreditamos que não precisa ser difícil e demorado encontrar bons profissionais e realizar orçamentos para fazer um bom negócio. Fazemos isso porque o mundo pede mais agilidade, facilidade e comodidade.

Solicite um orçamento do que você precisa sobre o mundo da construção e iremos te ajudar a realizar o melhor negócio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *