Como instalar paver na calçada? Quais cuidados tomar?

Você sabe como instalar paver na calçada e quais os cuidados tomar? Então esta matéria e para você. Acompanhe e saiba como deixar sua calçada mais bonita e moderna, afinal ela é como um cartão de visita do seu imóvel.

Flávio Lima Arquitetura

Como instalar paver na calçada

Um detalhe que pouca gente se lembra na hora de planejar uma construção é da calçada. Afinal, ela é uma das últimas coisas a serem feitas em uma obra, já que o alto tráfego de pessoas, máquinas e descarregamento de materiais pode acabar danificando o trabalho que já estava pronto.

O melhor é que o projeto da calçada seja definido durante a fase de planejamento da obra. Assim, fica bem mais fácil estabelecer os custos com mão de obra e material, bem como de definir o prazo de entrega, uma vez que cada tipo de material tem as suas características e precisam de um determinado tempo para ficar pronto.

Mas vejamos agora todos os cuidados que você deve ter ao instalar paver na sua calçada.

Veja também: “Como economizar na fase de acabamento da construção?”

Paver

Paver é o nome dado para os blocos pré-moldados de concreto ou paralelepípedos. Ele pode ser encontrado em diferentes espessuras para uso nos mais variados tipos e estilos de projetos.

Os blocos são encaixados um no outro, dispensando qualquer material para fazê-los ficarem colados ou aderidos à superfície. Por isso, a instalação é muito mais rápida e padronizada, dispensado juntas de dilatação ou qualquer outro tipo de serviço complementar.

No entanto, quando se trabalha com paver, é preciso ter muito cuidado com o preparo da superfície. Ela deve ser nivelada, compactada e com camadas de areia ou pó de brita de acordo com as recomendações do fabricante do paver que será instalado.

No mais, com o objetivo de evitar problemas futuros, é recomendado que se verifique se os blocos foram produzidos seguindo o controle de qualidade da norma NBR 978, que versa sobre peças de concreto para pavimentação.

O material apresenta diversas qualidades, tais como:

  • Durabilidade e resistência elevadas;
  • Instalação simplificada com liberação imediata ao tráfego;
  • Alternativas estéticas variadas (cores, tamanhos e formatos);
  • Fácil manutenção;
  • Alta capacidade de drenagem;
  • Passível de reciclagem ou reutilização;
  • Conforto de rolamento para cadeirantes e pedestres;
  • Superfície antiderrapante, ideal para trechos íngremes;
  • Redução da absorção de calor na superfície;
  • A sinalização pode ser incorporado ao pavimento
  • Custo final inferior ao do pavimento flexível.

Daniella Vertuan

Como instalar o paver

Passo 1 – Reforços

Antes de qualquer outra coisa, faça os reforços necessários na base existente conforme o tipo do seu solo e conforme indicação do engenheiro responsável pela obra.

Passo 2 – Regularização e compactação

Em seguida, deve ser feita a regularização e compactação da base, utilizando placa vibratória ou rolo compactador, de acordo com o tamanho da área que será pavimentada.

Passo 3 – Pó de brita

Após compactada e regularizada a base, é hora de colocar o pó de brita ou areia para assentamento. O ideal é uma espessura de 3 a 5 cm de material.

Lembrando que a camada de pó de brita deve ser bem nivelada.

Passo 4 – Assentamento

Comece então o assentamento das peças.

Em áreas pequenas, um assentador experiente, é possível alinhar o paver perfeitamente apenas utilizando como referência a linha da parede e a linha do meio-fio. Já para áreas maiores, é indispensável o uso de linhas a cada 2 metros, tanto no sentido transversal quanto longitudinal do paver para que não se perca o alinhamento das peças.

Passo 5 – Use a criatividade

O paver permite vários tipos de travamento, por isso use sua criatividade e faça algo bem original.

Passo 6 – Serra de policorte

Faça os recortes necessários com a serra policorte.

Passo 7 – Selamento

Espalhe areia sobre as peças para que todos os vazios ficaram completamente cheios.

Passo 8 – Placa vibratória

Passe a placa vibratória duas vezes. Assim você garante que a areia está preenchendo totalmente as fugas entre as peças.

Passo 9 – Varra

Varra o restante da areia e pó de brita que se excederam após a passagem da placa vibratória.

Cuidados na hora da instalação

  • Procure por fornecedores certificados e que atendam às normas técnicas;
  • Se a empresa não possuir certificação, teste as características do material antes de fazer a instalação;
  • Armazene as peças em local plano, seco e próximo ao local de uso;
  • Tente conciliar o ritmo de recebimento do material com a velocidade da instalação, evitando deixar as peças armazenadas por muito tempo;
  • Não deixe uma fuga maior do que 2mm entre as peças, salvo sob recomendação do responsável técnico;
  • Fique atento às recomendações do projeto e às orientações da NBR 15.953.

Veja também: “Deck de PVC – Veja as vantagens em utilizá-lo”

Confira mais matérias como esta acessando a Revista do Entenda Antes!

_____________________________________________________________________

Criamos o Entenda Antes porque acreditamos que a troca de conhecimento, informação e experiência é o único meio que realmente tem o poder de melhorar as pessoas, melhorar os negócios e o mundo como um todo.

Acreditamos que não precisa ser difícil e demorado encontrar bons profissionais e realizar orçamentos para fazer um bom negócio. Fazemos isso porque o mundo pede mais agilidade, facilidade e comodidade.

Solicite um orçamento do que você precisa sobre o mundo da construção e iremos te ajudar a realizar o melhor negócio!

Orçamento grátis e seguro
Profissionais avaliados

Iremos te ajudar a realizar o seu sonho fechando o melhor negócio!

Deixe seu comentário