Como usar quadros na decoração? Entenda Antes!

 

Sempre que se pensa em decorar uma residência, uma das principais preocupações é em como fazer isto de forma simples. De uma forma original e sem errar. Muito se vê por aí casas decoradas com revestimentos e móveis de alto custo. Assim como pinturas diferenciadas, tudo isso para dar mais “vida” à ela. Tornar o espaço mais atrativo ou por diversos outros motivos.

Mas, pouco se sabe sobre outros caminhos mais econômicos e originais para criar uma identidade única ao ambiente. Como é o caso da utilização de quadros nas paredes. Isso pode ser um diferencial para a decoração de uma forma mais acessível. De forma prática e intensificando a personalidade daquele espaço. Já existe um leque de opção, podendo ser selecionados aqueles que mais se encaixam no local.

Veja também: Papéis de parede na decoração, como usar? Entenda Antes!

Para isso, é importante levar em consideração alguns pontos para que o espaço não perca a sua identidade visual. Como a características dos quadros ou então sua altura e posicionamento.

Personalidade

O primeiro passo é analisar a personalidade do morador e o estilo do ambiente. Um quadro não deve simplesmente ser colocado em uma parede como se o simples fato de estar exposto. Já se caracterizasse como decoração, o que pode muitas vezes, pode acabar fazendo o efeito inverso. Um quadro escolhido de forma aleatória, pode causar certo estranhamento para quem o observa. Sendo que o objetivo principal é que ele seja um objeto que faça parte do ambiente de forma harmoniosa.

Thiago Conte Arquitetura

Por isso, é tão importante que a personalidade do morador seja levada em conta. Além do que eles também podem conter algum valor sentimental. Pois não precisam apenas ser emoldurados por pinturas. Mas também por fotos pessoais dão um destaque também.

Harmonia

Quando se fala em harmonia, também é importante lembrar que a harmonia visual faz toda a diferença. Um quadro mal posicionado, por exemplo, pode incomodar quem está vendo. Então ao invés de dar foco à arte em si e apreciá-la, o foco trona-se o desconforto que ele causa. Por essa razão, a altura ideal e o seu alinhamento são tão importantes para uma combinação ideal entre quadros e móveis. Já que, quando posicionados em cima destes devem estar em uma distância adequada para que não atrapalhe.

Sendo assim, a altura ideal para que os quadros sejam pendurados deve ser em uma distância de aproximadamente 1,60m do piso até o centro do quadro para que tenha uma boa visibilidade tanto para pessoas mais altas quanto para as mais baixas. Quando posicionado logo acima do sofá, deve-se calcular uma altura média de 20cm acima do sofá. Assim como este valor também vale para quadros instalados nos quartos sobre a cama com cabeceira. E quando não dispor dela, calcula-se 60cm desde o chão.

Arquiteta Maria Júlia Migotto

Tão importante quanto a altura ideal, seu alinhamento também é, e não deve-se deixar levar pela ideia de que a parede só aceita receber apenas um quadro, pois da mesma forma que diversos quadros podem causar uma poluição visual quando não escolhidos de forma correta, um único quadro pode dar a sensação de espaço vazio.

Por isso, é necessário analisar a dimensão do espaço, se ele for pequeno, vale apostar em quadros pequenos, quando a parede for mais espaçosa é possível brincar com as composições e combinar diversos quadros ou então um único quadro grande. Quando optar-se pelo arranjo de diversos quadros, eles por si só já podem ser destaque para a parede, pois é possível que sejam escolhidos de tamanhos distintos para compor a parede.

Veja também: Descubra o que é um loft e qual o seu conceito – Entenda Antes!

E para que eles estejam em harmonia entre si, é necessário um certo cuidado ao serem posicionados, pois como são de diferentes tamanhos, não ficará alinhado em todas as extremidades, o que acaba sendo um diferencial para esta escolha, e para que não se tornem objetos perdidos na parede, é preciso que se faça um alinhamento de pelo menos em um dos lados dos quadros, seja em cima ou embaixo, traçando uma linha imaginária que torna a composição mais harmônica.

Cozinha e área de lazer

Em ambientes como a cozinha e área de lazer, podem ganhar quadros personalizados com temas culinários e divertidos para compor a decoração de ambientes espaços externos, assim como quadros de artesanato também bastante utilizados nestas áreas.

Heloisa Zarpelon Arquitetura e Interiores

Geralmente são posicionados em paredes vazias para quebrar a monotonia de paredes sem móveis e/ou decoração, mas caso a ideia seja deixar a cozinha com mais destaque, também utiliza-os apoiados em prateleiras de cozinha e área de lazer, complementando a decoração junto com artigos culinários postos sobre as prateleiras.

Marcio Erlim – Arquiteto

Salas e quartos

ARCHtec arquitetura e interiores

Já em ambientes como sala e quartos, que geralmente já possuem elementos na parede como TV, janelas com cortinas, o ideal é que estejam posicionados em paredes contrárias para não poluir o espaço visual, o que gera algumas preocupações em virtude de também já dispor de móveis como sofás e camas, mas, desde que estejam em equilíbrio com todo o ambiente, desde respeitar os limites de espaço até sua dimensão.

Flávio Lima Arquitetura

Corredores

Corredores são espaços bastante interessantes para receber quadros, pois são paredes livres de móveis, havendo a possibilidade de abusar na utilização de quadros, tornando-o mais interessante, principalmente por ser visto frequentemente como um local esquecido. Desta forma, para mudar essa ideia e torná-lo mais atraente, quadros com imagens significativas podem chamar mais a atenção de quem passa por ali, exigindo uma atenção maior para serem observados, e consequentemente valorizando o ambiente.

Cada cômodo da casa possui uma identidade própria, e para os amantes de quadros, vale ressaltar que é possível sim, decorá-la com eles em mais de um cômodo seguindo as orientações certas, desde posicionamento, até a escolha dos mesmos, considerando sempre o equilíbrio no ambiente, dando preferência para paredes vazias para não sobrecarregar com a presença de outros objetos decorativos e/ou cores que não entrem em atrito com o restante do ambiente, optando por quadros com cores neutras onde o espaço já esteja repleto de cores e estampas, ou vice versa.

Thiago Conte Arquitetura

Desta forma, é possível elaborar uma decoração de forma rápida e prática, acentuando a identidade do ambiente, valorizando-o e trazendo mais charme à ele.

Confira mais matérias como esta acessando a Revista do Entenda Antes!

_____________________________________________________________________

Criamos o Entenda Antes porque acreditamos que a troca de conhecimento, informação e experiência é o único meio que realmente tem o poder de melhorar as pessoas, melhorar os negócios e o mundo como um todo.

Acreditamos que não precisa ser difícil e demorado encontrar bons profissionais e realizar orçamentos para fazer um bom negócio. Fazemos isso porque o mundo pede mais agilidade, facilidade e comodidade.

Solicite um orçamento do que você precisa sobre o mundo da construção e iremos te ajudar a realizar o melhor negócio!

Orçamento grátis e seguro
Profissionais avaliados

Iremos te ajudar a realizar o seu sonho fechando o melhor negócio!

Deixe seu comentário