Financiamento de casa pré-fabricada, como funciona?

Financiamento de casa pré-fabricada, como funciona?

O financiamento de casa pré-fabricada é uma forma efetiva de garantir o tão sonhado imóvel próprio. Quando a casa é escolhida, inicia-se a procura por um financiamento que seja possível adquiri-la. Em suma, o financiamento “compra” a casa para o cliente e, depois disso, ele deve pagar o banco. Saiba mais!

Como funciona o financiamento de casa pré-fabricada?

Financiamento de casa pré-fabricada, o que eu preciso saber?

O financiamento de casa pré-fabricada pode ser solicitado a partir do momento em que deseja sair do aluguel. No entanto, também pode ser uma alternativa de reforma, por exemplo. De qualquer modo, o pagamento do imóvel pode ser feito através do financiamento. Essa questão gera muitas dúvidas, já que trata-se de um assunto financeiro de grande seriedade. Porém, o financiamento é uma alternativa que pode ser muito benéfica. Logicamente, é preciso organizar-se financeiramente para contratá-lo.

Contudo, ele funciona da seguinte forma: o banco paga o vendedor do imóvel a quantia da compra que será financiada. A partir do momento que isso ocorre, o financiado deve pagar o banco. É importante ressaltar que durante todo o período das parcelas, a casa não pode ser negociada. Ou seja, mesmo que ela seja do proprietário financiado, ela não pode ser negociada com outra pessoa. Atualmente, existem muitos bancos que oferecem o financiamento de casa pré-fabricada.

O que é necessário para contratar o financiamento?

O que é necessário para contratar o financiamento de uma casa pré-fabricada??

Contratar um financiamento pode ser algo fácil, mas não menos burocrático. O fato é que, como se trata de um dinheiro “emprestado”, é preciso agir com cautela. Um erro muito grande da maioria das pessoas, é justamente não fazer o planejamento financeiro. Ademais, dependendo do banco em que é solicitado o financiamento, é preciso preencher alguns requisitos. Isso, no entanto, pode variar de instituição para instituição. Ainda assim, é altamente recomendado garantir que o financiamento correto seja escolhido. Além disso, que a documentação correta também esteja presente. Uma questão importante, é que nem sempre o financiamento de casa pré-fabricada é liberado para o imóvel desejado. Ou seja, o valor liberado pode ser menor e isso pode fazer com que um imóvel mais simples seja o ideal. Nesse momento, é possível aguardar e juntar uma quantia maior de dinheiro, esperar um tempo e solicitar novamente. De qualquer maneira, é necessário:

  • Escolher as condições de financiamento;
  • Documentos originais e cópias (RG, CPF, comprovantes de estado civil, renda, etc).

Avaliação e aprovação

Após escolher o tipo de financiamento e oferecer a documentação necessária, o banco dá início à análise. Porém, a instituição não faz isso de maneira direta. O que ocorre, de fato, é que utiliza-se uma empresa, arquiteto ou engenheiro. Assim, o valor é analisado, bem como acontece a avaliação do imóvel. A intenção nesse momento é confirmar o valor solicitado e ver se as possibilidades estão dentro do adequado. Caso esteja tudo certo, o banco elabora um contrato e pede para que o comprador assine o documento. É importante ressaltar que o contrato deve ser registrado em cartório. Isso, inclusive, deve ocorrer antes de ser levado à agência bancária. Assim sendo, após todo esse processo ocorrer, que não é do dia para noite, o crédito é liberado. A partir do momento em que isso ocorre, o vendedor é pago pelo banco. Nesse momento, o financiado inicia o pagamento.

Principais tipos de financiamento

Um equívoco muito comum por parte de quem nunca contratou um financiamento de casa pré-fabricada, é em relação aos tipos. Daí se dá a importância de saber exatamente o que escolher e qual fica melhor. É preciso frisar que o banco também pode opinar no tipo de financiamento. Ocorre que, muitas vezes, algum indivíduo determina que X financiamento será melhor.

Leia também: Formas de Financiamento imobiliário, qual é a melhor?

No entanto, a instituição financeira sabe que talvez o financiamento escolhido não é o mais adequado. Assim, apresentam-se as opções mais plausíveis para ele. Nesse momento, ele tem a opção de tentar ou deixar de lado. Geralmente, o mais indicado é tentar. Isso, logicamente, dependendo da situação pessoal de cada um. Afinal, é preciso, como dito, ter cautela e assumir de fato o compromisso. Contudo, também deve ser levado em conta a necessidade pela casa pré-fabricada. Dependendo do momento econômico, os bancos podem ser mais criteriosos na liberação. Assim sendo, os principais tipos são:

  • Financiamento pelo FGTS: utiliza-se o FGTS e faz parte do SFH. O valor da casa pré-fabricada e também do financiamento podem variar de maneira periódica. Somente é permitido nesse tipo de financiamento pessoas com renda familiar máxima. Isso pode variar conforme a região do país.
  • Financiamento através do SBPE: não é necessário limite de renda. Ademais, caso a casa pré-fabricada possua um valor dentro dos limites do SFH, os juros são de até 12% ano.
  • Construtora: a opção de negociar diretamente com a construtora pode ser mais fácil, às vezes. Ocorre que, assim, apresentam-se possibilidades melhores. Além de também uma flexibilidade maior para negociar. Uma das maiores vantagens é que não impõe limites no valor. Logo, o cliente tem uma margem de negociação muito maior e mais ampla.

Com tais modalidades de orçamento, a forma de negociar fica muito mais fácil. Dependendo da instituição financeira, podem existir algumas modalidades e regras próprias. Portanto, é sempre importante consultar.

Orçamento gratuito e praticidade na casa pré-fabricada

Orçamento gratuito e praticidade para casa pré-fabricada

As casas pré-fabricadas são construções modulares que são transportadas através de um caminhão. Esse tipo de casa é algo extremamente prático. Por conta disso, sua popularidade expandiu consideravelmente. Cada dia mais, as pessoas buscam saber sobre o financiamento de casa pré-fabricada e as melhores formas de financiá-la. Justamente por se tratar de residência “prontas”, tudo isso exige um grande time de profissionais. Isso não se limita somente à construção, mas também no planejamento.

Um exemplo disso, é a Entenda Antes. Com a intenção de garantir o melhor processo para o consumidor, oferece orçamento gratuito, bem como praticidade e conforto. Prova disso é que a parte burocrática fica somente por conta da empresa. Dessa maneira, é possível ter acesso a até 4 especialistas próximos do cliente. Além do mais, não somente a construção pode ser realizada, como também reformas. Logo, tudo é feito da forma mais prática e eficaz para garantir eficiência e agilidade ao consumidor que precisa do serviço.

Leia também: Casas pré fabricadas – O Guia completo para quem vai investir em construção

Orçamento grátis e seguro
Profissionais avaliados

Iremos te ajudar a realizar o seu sonho fechando o melhor negócio!

Deixe seu comentário