Já ouviu falar sobre Arquitetura Vernacular?

Arquitetura Vernacular

Você já ouviu falar em arquitetura vernacular? Eu aposto que sim, mas talvez não com esse nome. Por isso, elaboramos esta matéria para você entender um pouco mais sobre este assunto. Então acompanhe e dê uma volta ao mundo com a gente.

Boa leitura!

Arquitetura Vernacular

O que é Arquitetura Vernacular?

A arquitetura vernacular, representa a arquitetura construída com técnicas e materiais originários de uma região específica, um conhecimento geralmente passado de geração a geração.

Ela pode ser chamada de sustentável, já que geralmente utiliza técnicas bioclimáticas passivas e materiais com baixa energia incorporada. Entretanto, em toda arquitetura sustentável pode ser considerada vernacular.

Mas, é uma das mais ricas, com vários tipos diferentes de manifestações arquitetônicas.

No Brasil, esse tipo de arquitetura é mais facilmente reconhecida nas aldeias de povos indígenas. É lá que estão fortemente presentes todos os princípios que a caracterizam.

Apesar da Arquitetura Vernacular sempre ter existido, ela só passou a ser estudada a partir do fim do século XIX. Então arquitetos como Frank Lloyd Wright e Le Corbusier pesquisaram o tema e criaram em seus trabalhos versões renovadas desses estilos típicos. Mas, já no Brasil, um grande apoiador desta arquitetura foi Lúcio Costa.

Arquitetura Vernacular

Características da Arquitetura Vernacular

  • Seu objetivo é atender as necessidades das pessoas e do grupo;
  • Não existe uma preocupação estética;
  • Trata-se de uma arquitetura mínima, onde não existem excessos, pensada para o tamanho da mão de obra disponível;
  • Fortemente ligada ao local de construção e aos costumes da comunidade;
  • Integrada ao meio ambiente e totalmente adaptada ao microclima;
  • É construída por meio de conhecimentos transmitidos como uma tradição e passados através de gerações.

Características específicas em regiões de clima frio:

  • Proximidade entre edificações;
  • Telhados de inclinação média;
  • Estruturas elevadas do chão;
  • Uso de materiais de baixa emissividade térmica;
  • Paredes espessas;
  • Fachadas com aberturas amplas somente nas faces que recebem mais luz solar.

Características específicas em regiões de clima quente e seco:

  • Proximidade entre edificações;
  • Telhados planos;
  • Estruturas construídas diretamente sobre o solo;
  • Uso de materiais pesados;
  • Paredes grossas;
  • Fachadas externas pintadas de cores claras e com pequenas aberturas;
  • Pátios internos com fontes ou espelhos d’água.

Características específicas em regiões de clima úmido:

  • Edificações afastadas umas das outras;
  • Telhado com grande inclinação;
  • Presença de varandas;
  • Estruturas elevadas do chão;
  • Uso de materiais leves;
  • Paredes finas;
  • Fachadas com aberturas que permitam ventilação cruzada.

Arquitetura Vernacular

Arquitetura Vernacular Brasileira

Para muitos estudiosos, a arquitetura vernacular brasileira se restringe apenas às construções indígenas.

No entanto, aos analisarmos as suas características desse tipo de arquitetura (permanência no tempo, o caráter local ou regional, e a prevalência das necessidades funcionais sobre a estéticas), veremos que outras arquiteturas brasileiras, principalmente de origem rural, podem ser destacadas.

Por todo o país encontramos casas construídas com uso de madeira, pedra, tijolo, taipa de mão, taipa de pilão e adobe que podem ser classificadas como vernáculas.

No norte, por exemplo, encontramos as casas sobre palafitas e as casas dos babaçuais.

Arquitetura Vernacular

Arquitetura Vernacular e Sustentabilidade

A arquitetura vernacular pode ser considerada sustentável porque utiliza técnicas bioclimáticas passivas e materiais com baixa energia incorporada.

E como a preocupação com a sustentabilidade se torna cada vez mais presente, é importante valorizar a sabedoria das técnica regionais. Pensar que essas técnicas são um entrave estético é um grande erro. A arquitetura vernacular é sempre bela e adequada para o local onde está inserida e, a exemplo das construções “nativas” da Amazônia, muitas delas estão em processo de tombamento.

Se você gostaria de incorporar técnicas sustentáveis na sua construção, vale a pena procurar saber mais sobre a arquitetura vernacular. É interessante perceber que as comunidades antigas já faziam algo que a sociedade contemporânea tem se esforçado para descobrir, que seja, como viver de forma sustentável.

Cada região do planeta possui suas características próprias e singulares. E essas diferenças, incluindo questões tecnológicas, econômicas, históricas e ambientais, acabam se refletindo na arquitetura.

Arquitetura Vernacular

Confira mais matérias como essa acessando a Revista do Entenda Antes!


Criamos o Entenda Antes porque acreditamos que a troca de conhecimento, informação e experiência é o único meio que realmente tem o poder de melhorar as pessoas, melhorar os negócios e o mundo como um todo.

Acreditamos que não precisa ser difícil e demorado encontrar bons profissionais e realizar orçamentos para fazer um bom negócio. Fazemos isso porque o mundo pede mais agilidade, facilidade e comodidade.

Solicite um orçamento do que você precisa sobre o mundo da construção e iremos te ajudar a realizar o melhor negócio!

Orçamento grátis e seguro
Profissionais avaliados

Iremos te ajudar a realizar o seu sonho fechando o melhor negócio!

Deixe seu comentário