Conheça nossas Trilhas

22 de maio de 2024
26.6°C New York
Iluminação difusa - Entenda Antes

Iluminação difusa: o que é e como utilizar nos ambientes

(Se preferir, clique no player para o ouvir a narração desse artigo! Queremos facilitar sua vida, desde consumir o nosso conteúdo até realizar o seu projeto.) =)

A iluminação de um ambiente é um dos fatores mais importantes para que o espaço seja funcional e atraente ao mesmo tempo. A luz pode destacar um elemento, disfarçar imperfeições, criar vários ambientes em um único cômodo, fazer com que o espaço pareça maior e mais arejado. Uma maneira de conseguir esses efeitos variados é com a iluminação difusa nas áreas internas da casa.

Esse tipo de iluminação proporciona um ambiente iluminado de forma suave. Isso faz com que a luz difusa seja uma das mais versáteis e utilizadas em projetos de interiores de todos os estilos. Neste post, você vai entender exatamente o que é iluminação difusa e como utilizá-la nos ambientes da sua casa. Confira!

O que é iluminação difusa

A iluminação difusa é aquela que ilumina todo o ambiente. Entretanto, essa iluminação não é forte e direta. Pelo contrário, a luz difusa é suavizada de alguma maneira – geralmente com um vidro ou acrílico. Dessa maneira, a intensidade da luz fica mais suave sem que ela perca a capacidade de iluminar todo o ambiente. Além disso, a iluminação difusa diminui a quantidade de sombras no espaço. 

Quer um exemplo prático? Quando não há nuvens no céu em um dia ensolarado, você não consegue olhar para o sol por muito tempo. Em questão de segundos, a luz forte vai incomodar seus olhos. Mas, quando há várias nuvens no céu, parte da luz solar intensa é bloqueada. Assim, você consegue olhar para o sol sem tanto incômodo e, nem por isso, o dia vai parecer mais escuro. Isso acontece porque a camada de nuvem torna a luz difusa. 

Com a iluminação artificial é a mesma coisa! Uma superfície cobre a lâmpada para que a claridade seja difundida uniformemente pelo espaço. 

Iluminação difusa - Entenda Antes ATPH Arquitetura Engenharia e Construção

Como utilizar a iluminação difusa em casa

É importante saber que, basicamente, existem três tipos de iluminação para ambientes: direta, indireta e difusa. Garantimos que essa classificação não serve apenas para complicar a sua mente! Pelo contrário, os vários tipos de iluminação permitem criar a atmosfera desejada para cada ambiente. 

Além disso, cada tipo de luz é indicado para uma funcionalidade. Assim, dependendo do projeto, é possível misturar diferentes tipos de luminárias e luzes em um mesmo ambiente. Por exemplo, um plafon com luz difusa pode ser combinado com um lustre pendente. 

A luz difusa é a mais versátil e, portanto, é difícil errar ao optar por esse tipo de iluminação. Ela pode ser utilizada em qualquer ambiente da casa, em luminárias de embutir ou de sobrepor, assim como em pendentes, arandelas e lustres. 

Veja também: “Como uma boa iluminação pode trazer bem estar aos ambientes.”

Dicas para aproveitar a iluminação difusa em cada ambiente 

Sala de estar

A sala de estar é a área mais desafiadora para iluminar. Isso porque o local pode ser usado para fazer várias atividades, como socializar, assistir TV ou ler um livro, por exemplo. Portanto, a iluminação da sala de estar deve ser projetada para atender às necessidade daqueles que vivem no ambiente. 

Mas, basicamente, se você deseja criar uma área para receber e conversar com os convidados, convém apostar na iluminação difusa no teto. Nesse caso, as melhores luminárias para luz difusa são os plafons e as luminárias de embutir.

Esse tipo de iluminação na sala de estar proporciona um maior conforto visual e mantém o ambiente bem iluminado. Além disso, o incômodo com os reflexos da lâmpada na tela da TV é amenizado com a luz difusa.

Iluminação difusa - Entenda Antes Karla Araújo Arquitetura e Interiores

Quarto

Na área mais íntima da casa, a iluminação deve ser o mais suave possível. Por isso, a luz difusa pode ser usada tanto na iluminação geral quanto em abajures ou luminárias localizadas em pontos diferentes do quarto. 

Iluminação difusa - Entenda Antes Géssica Fernandes Arquitetura

Cozinha

As atividades realizadas na cozinha ditam as regras de iluminação. Por ser uma área onde é preciso lidar com vários utensílios ao preparar as refeições, convém escolher uma iluminação intensa, nítida e sem sombras. A luz difusa no teto é a melhor opção nesse caso porque distribui a iluminação de maneira uniforme, projetando menos sombras na área de trabalho.

Iluminação difusa Thiago Conte Arquitetura

Banheiro

Apesar de ser um ambiente pequeno, o banheiro também tem suas próprias regras em relação à iluminação. Nessa parte da casa, é interessante ter duas fontes de iluminação difusa: uma no teto para iluminação geral e outra próxima ao espelho. 

Nessa última, a escolha pela luz difusa é ainda mais importante. Isso porque a iluminação precisa ser suavizada para evitar sombras ao se maquiar ou barbear, por exemplo. 

Iluminação difusa - Entenda Antes Fellipe Ribeiro Arquitetura

Agora que você sabe o que é iluminação difusa e como utilizá-la em qualquer ambiente da casa, descubra a importância de contratar um designer de iluminação para seus projetos!

Veja também: “Qual a importância de um designer de iluminação?”

como aproveitar de ambientes integrados

Saiba como aproveitar o espaço integrado da sua casa!

Casas e apartamentos com conceito aberto estão se tornando mais populares do que nunca. Esse tipo de arquitetura refere-se a uma residência na qual dois ou mais cômodos de uso tradicional foram unidos para dar lugar a um espaço integrado. Paredes e divisórias são eliminadas, criando uma sensação de amplitude e uma área maior para o tráfego.

Veja também: Casa ou apartamento? Descubra qual é a melhor opção para você!

Ambientes integrados possuem muitas vantagens, desde que o espaço seja bem utilizado. É justamente nesse ponto que muitas pessoas têm dificuldade. Afinal, como aproveitar o espaço integrado e garantir que todos os elementos funcionem juntos para criar um ambiente coeso?

Neste artigo você vai descobrir como equilibrar decoração, móveis e divisão entre os ambientes para ter uma casa ampla e aconchegante!

Divisão dos ambientes

 

Mesmo que não existam paredes para dividir os cômodos, é preciso delimitar cada ambiente e manter cada coisa em seu lugar. A melhor maneira de criar essa divisão é com tapetes. Por exemplo, você pode colocar um tapete no espaço reservado para a mesa de jantar e outro no local da sala de estar. Assim, você tem duas salas bem definidas em um único espaço integrado.

Outra opção é posicionar os móveis de forma que a transição entre um espaço e outro fique visivelmente marcada. Você pode, por exemplo, utilizar um sofá ou par de poltronas no meio da sala, de costas para a cozinha para criar a sensação de fechamento.

Thiago Conte Arquitetura

Esquema de cores harmônico

Um espaço integrado não é apenas um local amplo sem paredes. Para que o ambiente seja realmente integrado, precisa existir uma ligação entre a cozinha, sala de jantar e estar – ou qualquer outro cômodo da casa.

Ter uma paleta de cores coesa é a forma mais simples de conseguir unificar ao mesmo tempo que divide os diferentes ambientes. Se você tem medo de errar, comece com paredes em cores neutras, como branco, cinza ou bege. Em seguida, escolha uma cor de destaque que se repita em todos os ambientes.

Neste projeto, as paredes possuem tons claros que se complementam com o azul petróleo na sala de TV e na cor vinho dos detalhes da cozinha.

Asalc Arquitetura

Veja também: Como equilibrar as cores em uma decoração? Entenda Antes!

Estilo do mobiliário

Por mais que cada ambiente precise de móveis específicos, é fundamental que eles combinem entre si, seja nas cores, formas ou estofado. Se optar por uma madeira escura no móvel principal da sala, por exemplo, considere utilizar a mesma madeira na mesa de jantar e nas banquetas da cozinha. Da mesma forma, se optar por móveis planejados brancos na cozinha, procure seguir o mesmo estilo nos demais ambientes.

PRIMORE Engenharia e Design

Iluminação

O tradicional ponto de luz central não é a melhor opção em ambientes integrados. Além de não iluminar o espaço uniformemente, uma luminária central não fica agradável visualmente.

Portanto, em casas com conceito aberto, é recomendável incluir pontos de iluminação específicos para cada ambiente. Uma luminária pendente acima da mesa de jantar, por exemplo, mantém um clima aconchegante na área de refeições. Spots de embutir ou sancas de gesso são opções discretas que servem para a iluminação geral da sala de estar e/ou TV.

Veja também: Veja como uma boa iluminação pode trazer bem estar aos ambientes – Entenda Antes!

Interesse visual

Em uma grande área de plano aberto é preciso adicionar elementos que criarão interesse visual. Isso porque os espaços maiores precisam ter tecidos e acabamentos interessantes para garantir que as pessoas continuem encantadas com os detalhes após a primeira vista.

Então, adicione cortinas, almofadas e alguns pufes estofados para proporcionar conforto visual e físico em um espaço integrado.

Une Arquitetura

Fluxo

O fluxo é um elemento fundamental em uma casa com planta aberta. O conceito refere-se à forma como a pessoa se move em uma sala tanto fisicamente quanto visualmente. Na prática, isso significa que os móveis e outros elementos devem ser posicionados de forma que a movimentação por toda a sala fique simples.

Ao decorar sua casa, trace uma linha imaginária em formato de “s”. Colocando o mobiliário e decoração de destaque dessa maneira, você cria uma sensação de movimento e facilita o deslocamento das pessoas pela sala.

Carolinne ataide lima

Embora a arquitetura dos imóveis com espaço integrado apresentem alguns desafios de decoração, não há razão para desistir de torná-las aconchegantes. Seguindo as nossas dicas para aproveitar o espaço da melhor forma, você terá um resultado incrível e harmonioso.

_____________________________________________________________________

Criamos o Entenda Antes porque acreditamos que a troca de conhecimento, informação e experiência é o único meio que realmente tem o poder de melhorar as pessoas, melhorar os negócios e o mundo como um todo.

Acreditamos que não precisa ser difícil e demorado encontrar bons profissionais e realizar orçamentos para fazer um bom negócio. Fazemos isso porque o mundo pede mais agilidade, facilidade e comodidade.

Solicite um orçamento do que você precisa sobre o mundo da construção e iremos te ajudar a realizar o melhor negócio!

Shopping Basket
1