Guia de Construção: Entenda como fazer gestão de obras para escritórios de arquitetura e engenharia

Gestão de obras para arquitetura e engenharia
Guia de Construção: Entenda como fazer gestão de obras para escritórios de arquitetura e engenharia.

A gestão de obras é um serviço contínuo e muito dinâmico. O foco é garantir a efetivação dos projetos e suas execuções.

Sem dúvidas, a gestão de obras é a melhor forma e mais eficiente para que tudo dê certo. Afinal, ela permite que tudo não seja apenas realizado, mais também realizado no tempo proposto.

Entenda mais sobre o assunto!

O que é gestão de obras?

Na prática, a gestão de obras é tudo aquilo que envolve a administração de tempo, recursos e equipe. Em suma, é gerenciar todos esses aspectos.

A intenção é que o cronograma da obra seja cumprido de maneira correta.

Consequentemente, a partir do momento que isso ocorre, é possível obter ótimos resultados. Infelizmente, a grande maioria das pessoas não possui um conceito formado sobre a gestão de obras.

Outra questão que se encontra difícil de deduzir é em relação aos seus principais pontos.

Portanto, a verdade é que isso é normal, já que ela engloba uma série de fatores. Porém, a gestão se faz extremamente necessária. Atualmente, cada dia mais surgem escritórios de arquitetura e engenharia.

Por conta disso, vale dizer que a gestão de obras é algo necessário e que conta muito para o sucesso do negócio.

Como se tratam de tarefas complexas, a gestão deve ser feita com muito planejamento e cuidado.

Como gerenciar obras?

Existem formas diferentes de realizar a gestão de obras. Logicamente, não existe uma fórmula mágica.

Porém, antes de tudo, é importante saber que a gestão de obras não se baseia somente em controlar recursos.

Existem questões importantes que devem ser levadas em consideração e dominadas pelo indivíduo.

A qualidade das tarefas precisa ser ímpar e exemplar.

Ao mesmo tempo, também é preciso ter controle do orçamento e da contratação das pessoas. Há vários processos que precisam ser analisados e comandados.

Existem algumas formas efetivas de implementar a gestão de obras no escritório.  Todas elas são fáceis de realizar, mas exigem planejamento.

1. Saiba planejar

Primeiramente, é muito importante saber planejar os mais variados aspectos da obra. Dentro de uma gestão de obras, nada pode ser feito somente com achismos ou deduções.

Por isso, antes de dar início a qualquer projeto, é preciso ter definida todas as atividades a serem desempenhadas.

O mercado de construções é algo que confunde por conta da sazonalidade.

Assim como o mercado imobiliário, pode apresentar algumas oscilações.

Em virtude dessa questão, é importante estar atento e evitar que isso prejudique o gerenciamento.

Portanto, estar sempre atento às oscilações, planejar as atividades e colocar tudo no papel, é fundamental.

2. Saiba quanto custa o serviço

Um dos primeiros passos para que a gestão de obras tenha efeito positivo é ter bom gerenciamento financeiro.

Além dos demais dados técnicos, os custos de um serviço influenciam diretamente no resultado.

Esse passo é indispensável ser feito com seriedade e muita atenção. Isso porque todo o gerenciamento de obras terá um custo.

Existe, de fato, um custo final. No entanto, cada parte do processo demanda gastos de tempo e dinheiro.

Tendo em mente dados financeiros concretos e assertivos, fica mais fácil ter controle.

3. Elaborando um cronograma físico

Como já é de se imaginar, a gestão de obras é cheia de fases e momentos.

Um cronograma detalhado de processos, gastos e prazos, pode facilitar muito.

A intenção é que tudo seja posto no cronograma para evitar possíveis problemas futuros.

Afinal, eles podem impactar diretamente na satisfação do consumidor e desempenho de uma equipe inteira.

Nesses momentos, também é preciso levar em conta os problemas que podem acontecer no caminho.

A falta de material, atrasos na entrega ou ausência de membros da equipe precisam ser considerados.

Elaborar um cronograma permite que tudo isso seja controlado de perto.

Ele é necessário, pois o gestor se encontra lidando com muitas coisas ao mesmo tempo.

4. Planeje uma estrutura

O planejamento e a organização, como um todo, são fortes aliados nesse momento.

Um exemplo disso é que o planejamento de um canteiro pode reduzir muito os problemas. Ou seja, ele reduz os riscos aos quais os funcionários são expostos.

Com a estrutura bem planejada, também pode-se evitar a perda de materiais.

O planejamento muitas vezes é deixado de lado, principalmente em obras de menor porte.

Porém, ele é um dos processos mais importantes e necessários.

Até mesmo porque, é preciso estocar materiais, ter um espaço para intervalos e manter a equipe produtiva.

5. Comunicação

Uma das maneiras mais eficientes de colocar em prática a gestão de obras é se comunicando.

Visto que, dentro de um escritório de arquitetura ou de engenharia, pode ser difícil manter a atualização de todos.

Como a rotina é geralmente muito corrida e sobrecarrega muitas pessoas, torna-se difícil conversar e manter uma relação próxima.

Porém ocorre que, mesmo com as dificuldades do dia a dia, torna-se indispensável ter um tempo para atualizar a todos.

A boa notícia é que, hoje em dia, pode-se contar com diversas ferramentas tecnológicas para isso.

Por essa questão, murais de avisos na obra, mensagens em grupos de Whatsapp, entre outros, podem ser uma boa ideia.

Uma forma de manter a comunicação é sempre passando feedbacks.

É preciso ter em mente que nunca trará bons resultados a ausência de material mais a falta de comunicação.

6. Lista de parceiros

Algo que pode ser muito bom para uma gestão de obras é ter uma lista de parceiros.

Conseguir um bom atendimento, um material adequado e prazos satisfatórios é fundamental.

Por isso é tão importante trabalhar com bons fornecedores e ter sempre contatos.

Como dito anteriormente, é preciso levar em conta que muitos imprevistos podem acontecer.

Por isso, é indispensável estar precavido e seguro.

7. Atenção com as mudanças

Algo que pode acontecer e, com certeza, todos acham muito desagradável, é em relação às mudanças.

Toda gestão de obras precisa contar com elas. Por isso, o gestor precisa ter atenção minuciosa a todos os detalhes.

As mudanças podem influenciar em todos os processos do empreendimento.

Como já é de se imaginar, isso pode comprometer de grande forma todo o prazo de entrega, orçamento e demais fatores.

Até mesmo por esse motivo, é que é tão importante também manter uma comunicação clara.

8. Utilize a tecnologia

Com diversos aplicativos e sistemas que podem ser utilizados, a gestão de obras, apesar de complexa se torna mais facilitada.

Existem alguns tipos de apps, inclusive, que podem ser utilizados como uma forma muito mais rápida e prática de criar gráficos, por exemplo.

Até mesmo porque, atualmente, contudo é muito difícil encontrar um gestor que não utilize ferramentas tecnológicas.

9. Esteja próximo à equipe

É indispensável se encontrar próximo de toda a equipe durante a gestão de obras.

Pois, isso torna possível ter um contato maior com a equipe. Além do contato e da troca de informação, também fica mais fácil coordenar. Algo que a proximidade permite é motivar a equipe.

Pois, um dos maiores problemas encontrados nas gestões de obras são funcionários desanimados, ou seja é preciso estar atento.

Isso pode ser reflexo de uma série de fatores que podem variar de um local para outro.

O que se sabe, de fato, é que a motivação entre a equipe é fundamental. Não somente nos escritórios, mas em qualquer outro segmento, a alta performance é algo indispensável.

10. Busque informação

Mostrar a importancia de uma organização e pesquisa anterior a construção.
A busca por informação, a pesquisa contínua e o estudo são formas de garantir bom desempenho na gestão de obras.

O mercado está em constante mudança e transformação. Isso significa que essas informações podem também ser passadas aos colaboradores.

Essa é uma forma de manter todos antenados e conectados com tudo o que ocorre dentro da gestão de obras. Assim, também é possível inovar e aprimorar diversos procedimentos de gerenciamento.

Principais desafios da gestão de obras

A gestão pode se mostrar desafiadora em todos os seus âmbitos de atuação.

Com isso, principalmente o gestor encontra grandes desafios e muitas dificuldades no caminho.

É muito importante garantir que a comunicação seja bem desenvolvida e que tudo atinja o resultado proposto.

As principais áreas a serem cuidadas, são: administrativa, financeira, produção, comercial.

Buscar trabalhá-las de maneira focada, é essencial. Porém, também é preciso estar sempre atento em relação à segurança.

Sobre tudo, as normas de prevenção são rígidas e precisam ser seguidas à risca por todos os envolvidos. Além disto, é também uma forma de garantir o bem-estar dos indivíduos.

Por isso, todos esses aspectos precisam ser pensados e analisados com calma. Mesmo que muitas vezes o arquiteto ou engenheiro não esteja 24 horas presente no local, sem dúvidas tudo deve ser levado em consideração.

Por isso, em princípio é tão indicado ter preparação e conhecimento o suficiente para trabalhar com a gestão de obras.

Benefícios da gestão de obras

Sem dúvidas, a gestão de obras oferece grandes benefícios a todos os envolvidos nela. Desde os colaboradores até o gestor, é possível usufruir das conquistas.

Isso, no entanto, é resultado de um gerenciamento feito de maneira adequada e com o conhecimento necessário. Afinal, como já dito, qualquer erro pode colocar tudo a perder.

Por isso, para garantir resultados positivos, é preciso atuar com foco e concentração.

Assim, quem aplica a gestão de obras, pode notar vantagens como:

Produtividade

Pessoa trabalhando em uma obra
Com uma equipe produtiva e que sabe o que está fazendo, tudo pode ser entregue no prazo certo.

Um dos aspectos mais vantajosos é o aumento da produtividade. Isso pode fazer com que todo o andamento da obra seja eficaz.

Com uma equipe produtiva e que sabe o que está fazendo, tudo pode ser entregue no prazo certo.

Além do mais, também é importante ter em mente que quando uma equipe se encontra produtiva, ela também se encontra satisfeita.

Por isso, ambos são complementares e apontam para ótimos sinais.

Redução de gastos desnecessários

Um dos maiores e mais frequentes problemas enfrentados em obras é em relação aos gastos desnecessários.

A gestão de obras é uma aliada muito forte na hora de gerar economia. Logicamente, todos sabem que imprevistos sempre podem acontecer.

Porém, o importante é ter o planejamento para saber lidar com eles.

Mesmo quando ocorrem atrasos, materiais perdidos, entre outros problemas, o planejamento oferece jogo de cintura.

Antecipação de problemas

É fato que prever problemas é algo muito melhor do que lidar com eles. Com uma gestão efetiva de obras, isso pode ser feito.

Mesmo quando algum problema aparece, embora ele parece complicado de mais ele pode ser resolvido de uma maneira prática e efetiva.

A previsão também é uma maneira muito segura de aumentar a produtividade e atingir bons resultados.

Consequentemente, também impactará de maneira positiva na satisfação do cliente que está aguardando a obra.

Com isto, eventualmente, como já é possível perceber, todos saem ganhando.

Execução assertiva de projetos

Quando é preciso realizar algum tipo de obra, dessa forma, espera-se que tudo ocorra como o planejado.

Porém, sabendo que imprevistos e problemas podem acontecer, é indispensável ter uma gestão de obras. Até mesmo porque, ela facilita na execução dos projetos.

Ou seja, é uma garantia muito segura de que tudo será feito como o solicitado.

Portanto, é muito mais seguro cumprir com prazos, preços, entre outros compromissos. Para muitas pessoas, isso não parece ter tanta importância. Porém, quem trabalha com a gestão de obras sabe o quanto é necessário esse aspecto.

Aplicativos para gerenciar obras

Uma vez que, existem muitos aplicativos que podem ser utilizados para colaborar na gestão de obras.

Atualmente, não há forma de gerenciar sem a ajuda da tecnologia. Posto que, todas as áreas mudam e evoluem, o mesmo acontece nesse momento.

Antigamente, era muito difícil encontrar formas eficazes e inteligentes de gerir obras.

Por outro lado, hoje em dia, com o aumento da popularidade e a necessidade de auxílio, os aplicativos e sistemas se tornaram mais frequentes.

O melhor de tudo, é que eles não são ferramentas engessadas. Ou seja, o gestor não precisa utilizá-los somente de uma forma.

Por isso, pode-se encontrar alternativas para computadores ou dispositivos móveis. Muitas vezes, o mesmo aplicativo pode ser aberto em ambos. Os principais, são:

  • Stant;
  • Mega Mobuss;
  • Construct App.

 

Conclusão

A gestão de obras é algo muito mais complexo do que se pensa. Todavia, cada passo precisa ser dado de maneira estratégica e bem pensada. Por esse motivo, ocorre o fato de muitos escritórios não optarem por esse trabalho.

Porém, ele é ótimo para desafiar conhecimentos, aprimorar a execução e garantir ótimos resultados para a equipe, a empresa e para todos os clientes que aguardam ansiosamente.

Veja mais: Pensando em aumentar a eficiência no canteiro de obras? Confira!

Orçamento grátis e seguro
Profissionais avaliados

Iremos te ajudar a realizar o seu sonho fechando o melhor negócio!

Deixe seu comentário