Qual a função dos blocos de cobogó e como você pode utilizá-los em sua construção?

Os blocos de cobogó fizeram sucesso no passado e agora marcam presença nas construções modernas, trazendo muito charme e estilo. Mas se você não sabe como usar esse clássico da arquitetura, não deixe de conferir este post.

Veja também: VOCÊ sabe a importância da reforma? Confira nesta matéria!

O que é o cobogó

Na arquitetura e decoração da década de 40 a moda era utilizar blocos de cobogó, que nada mais são que elementos vazados.

Criado por três engenheiros de Recife (Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de is), o cobogó conquistou o país inteiro. Cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte esbanjam fachadas de prédios históricos projetados por grandes arquitetos que utilizavam cobogó.

Como tudo vai e vem quando o assunto é decoração, moda e design, o cobogó voltou com força total nos últimos anos, decorando residências e prédios comerciais com elegância, charme e discrição.

É possível encontrar o cobogó em diversas cores, formatos e materiais (cimento, gesso, cerâmica, argila e vidro, entre outros), transformando uma simples parede em algo que deixe a luz transitar livremente.

As funções do cobogó na sua construção

Podemos afirmar que os blocos de cobogó cumprem três funções principais em um projeto arquitetônico:

  • Fechar ambientes mantendo a ventilação e a entrada de luminosidade;
  • Criar divisórias, proporcionando privacidade entre um cômodo e outro, mas integrando os ambientes ao mesmo tempo;
  • Embelezar a decoração da casa, apartamento ou imóvel comercial.

Não importa qual dessas funções defina a sua escolha por eles, os blocos de cobogó jamais passam despercebidos e sempre conferem personalidade ao espaço em que estão inseridos.

Seja em estado bruto, cor de concreto, pintados de branco ou de cores fortes, com traços simples ou sinuosos, mesmo com quase noventa anos desde a sua criação eles continuam atuais e extremamente funcionais. 

Como utilizar os blocos de cobogó na sua construção

Os blocos de cobogó são usados frequentemente como fechamento nas fachadas, já que possuem uma função intermediária entre a parede fechada e o vidro. Ele permite uma ventilação permanente, ajudam a suavizar incidência direta dos raios solares e criam uma sombra rendada que deixa a luz entrar de maneira suave nos ambientes.

Para a fachada, utilize os grandes panos de elemento vazado para destacar elementos verticais e horizontais, garantindo luz e ventilação, mas sem perder a privacidade.

Já quando o assunto são os espaços internos, se você está construindo ou reformando e quer separar dois ambientes de forma charmosa e única, o cobogó pode ser uma excelente opção. Construa um grande painel de elemento vazado, utilizando cores e formatos diferentes e crie assim uma verdadeira obra de arte.

Os blocos de cobogó podem ser usados em qualquer ambiente: salas, quartos, cozinha, banheiro, na área de lazer, em volta da piscina. Escolha a cor, formato e material que combine com os demais elementos da decoração e solte sua imaginação.

Cuidados na hora da instalação dos blocos de cobogó

  • Ainda durante o armazenamento, evite empilhar qualquer tipo de produto ou material que será usado na obra sobre eles. Os cobogós esmaltados são frágeis e requerem cuidados de forma a mantê-los intactos até sua aplicação.
  • A cor da argamassa de assentamento pode ser uma grande aliada ou vilã na hora de compor um painel de cobogó. O indicado é utilizar juntas de 3 cm.
  • E por falar em argamassa, para os cobogós cerâmicos aplicados em ambientes internos, a argamassa utilizada deve ser do tipo ACII. Já para os ambientes externos com incidência direta e constante de luz solar ou ambientes mais úmidos (piscina, banheiro, etc), o recomendado é utilizar a argamassa do tipo ACIII.
  • O cobogó não tem a mesma resistência estrutural que o bloco de concreto ou tijolo. Por isso, não deve ser usado como base de apoio e sim como alvenaria de fechamento, sem nenhuma função estrutural.
  • Se a ideia é construir um grande painel é importante reforçar a estrutura com ferro embutido.
  • Seu assentamento deve ser feito por último, na fase de acabamento, evitando assim que o material sofra qualquer avaria.

Veja também: O que é pergolado, e qual sua função? Entenda Antes!

Criamos o Entenda Antes porque acreditamos que a troca de conhecimento, informação e experiência é o único meio que realmente tem o poder de melhorar as pessoas, melhorar os negócios e o mundo como um todo.

Acreditamos que não precisa ser difícil e demorado encontrar bons profissionais e realizar orçamentos para fazer um bom negócio. Fazemos isso porque o mundo pede mais agilidade, facilidade e comodidade.

Solicite um orçamento do que você precisa sobre o mundo da construção e iremos te ajudar a realizar o melhor negócio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *