Lagos artificiais, você nunca viu algo tão incrível assim!

Tempo de leitura: 6 minutos

Lagos artificiais, piscinas naturais ou lagos ornamentais: Uma incrível forma de trazer um pedaço da natureza em sua forma mais natural possível para dentro de sua propriedade.

lagos artificiais, piscinas naturais e lagos ornamentais

Os lagos artificiais ou ornamentais são um descanso para os olhos, de uns tempos pra cá estão ganhando destaque nos projetos arquitetônicos. Afinal, quem não quer requinte, sensação de bem-estar e natureza por perto? Seja em espaços residenciais ou comerciais, as dicas a seguir são muito úteis para você que também pretende incluir lagos artificiais no seu projeto. Confira!

O local ideal para a construção dos lagos artificiais

lagos artificiais, piscinas naturais e lagos ornamentais

Os lagos artificiais são um recurso de decoração e paisagismo muito sofisticado. Existem inúmeras possibilidades de formatos e tamanhos. Bem como grande variedade de materiais como pedras e plantas que podem ser utilizadas na decoração e também os peixes, que dão vida ao lago.

Sua construção não é difícil e pode levar de 3 a 7 dias quando se tratar de um projeto pequeno.

Mas antes de tudo, é preciso escolher com cuidado o local onde será construído seu lago. O ideal é que a área escolhida não seja próxima de grandes árvores ou espécies frutíferas, já que o acúmulo de flores e frutas no lago ou piscina natural pode interferir em seu ecossistema, ocasionando problemas com limpeza.

Prefira um local que dê visibilidade e destaque ao seu lago, como por exemplo, no meio do jardim. Mas, evite os locais mais baixos do terreno. E se tiver crianças em casa, cuide para que ele fique protegido e que seja raso.

É importante destacar, que você não deve se preocupar com a quantidade de sol. Os lagos artificiais podem ser construídos em áreas com pouco sol direto, mas, se você quer fazer uma piscina natural o ideal é que a área receba bastante sol, para você aproveitar ao máximo sua piscina natural.

+ Leia também: Banheira, spa e ofurô: conheça as diferenças e saiba qual comprar

lagos artificiais, piscinas naturais e lagos ornamentais

 


Construindo o lago

Capacidade

A recomendação é que um lago comporte até 30 mil litros de água, ou tenha, no mínimo, capacidade para mil litros. Isso se dá em virtude da capacidade dos filtros e outros sistemas de limpeza e manutenção.

lagos artificiais, piscinas naturais e lagos ornamentais

Como é o buraco para o lago artificial? 

lagos artificiais, piscinas naturais e lagos ornamentais

É preciso cavar o buraco no local anteriormente demarcado. Retire tudo que encontrar: pedras, plantas, raízes, etc.

O buraco deve ser cavado com paredes em 45 graus. Isso irá facilitar a instalação das pedras posteriormente. E deve ter profundidade de, pelo menos, 40 cm na parte mais funda, e de no mínimo 20 cm no lado mais raso.

Depois de cavado, ele deve ser compactado para evitar problemas com o deslocamento da terra.

+Leia também: Vasos para decoração – os ambientes de sua casa não serão mais os mesmos!

Impermeabilização do lago artificial

lagos artificiais, piscinas naturais e lagos ornamentais

Os lagos artificiais podem ser feitos em alvenaria ou em sistemas que envolvam mantas de impermeabilização.

Em construções de alvenaria, devem ser utilizados produtos impermeabilizantes bem específicos. Já quando a construção é direta na terra a utilização de mantas de impermeabilização é o mais indicado.

No caso da manta, o ideal é que ela ultrapasse pelo menos 30 cm para fora das bordas do lago. Isso dará mais segurança na instalação.

A decoração do lago artificial

lagos artificiais, piscinas naturais e lagos ornamentais

Para finalizar, o lago pode ser decorado com areia e pedras de diferentes tipos e tamanhos, naturais ou artificiais.

lagos artificiais, piscinas naturais e lagos ornamentais

Procure usar pedras maiores nas bordas do lago e, algumas menores, para preencher os espaços.

lagos artificiais, piscinas naturais e lagos ornamentais

A areia especial para lagos e piscinas naturais também é muito utilizada no fundo, deixando o lago bem claro e bonito, essa areia também é muito utilizada para fazer a montagem de mini prais, são piscinas naturais em formato de praias.

lagos artificiais, piscinas naturais e lagos ornamentais

lagos artificiais, piscinas naturais e lagos ornamentais

Equipamentos para o lago artificial

Para garantir a qualidade da água e da sobrevivência dos peixes, é preciso contar com filtros biológicos, bombas e filtros UV.

  • A bomba para lagos é um equipamento fundamental. Ela pode estar dentro do lago e do lado oposto a saída do filtro biológico, para manter o fluxo de água. Pode ainda, direcionar para cascatas ou corredeiras, por exemplo. Ela deve ser instalada em cima de uma superfície plana, para funcionar corretamente.
  • O filtro biológico pode ser instalado logo após a preparação do lugar. Normalmente, ele é externo e fica em um dos cantos, sempre com a saída de água voltada para o lado oposto de onde a água é captada. Escolha aqueles modelos que utilizam escovas de filtragem, pois elas são muito mais eficientes que as espumas.
  • O filtro UV é um outro equipamento que não pode faltar. Ele é responsável pela eliminação de patogênicos e também pelo controle de proliferação de algas.

+ Leia também: Iluminação para jardins – Você também pode ter o jardim dos seus sonhos!

A vegetação e os peixes 

lagos artificiais, piscinas naturais e lagos ornamentais

Você pode escolher as plantas e peixes que você preferir. Existem muitas espécies de plantas que podem ser utilizadas. Mas algumas das espécies mais utilizadas são: jiboia, papiro, aguapé e alface d’água.

lagos artificiais, piscinas naturais e lagos ornamentais

Elas podem ser plantadas dentro do próprio lago, porém, é mais cômodo colocá-las em vasos próprios, mergulhados.

lagos artificiais, piscinas naturais e lagos ornamentais

Já os peixes, devem ser escolhidos com muito cuidado. Os mais comuns são as carpas e os kinguios. Por serem peixes de água fria, suportam melhor as baixas temperaturas, são bonitos e com muitas variações.

É preciso ainda ficar atento às condições de vida dos peixes, cuidando da qualidade da água, da alimentação regular e correta e evitar a superlotação do lago.

lagos artificiais, piscinas naturais e lagos ornamentais

A manutenção dos lagos artificiais

Manter lagos artificiais não é tão complicado quanto parece, mas é uma atividade que precisa de certos cuidados.

A manutenção deve ser feita, pelo menos, uma vez por mês e não gasta mais que uma hora. Nessa ocasião você deve aplicar alguns produtos específicos e fazer a limpeza dos filtros. Deve também conferir a vazão das bombas, medir o pH da água e trocar parte da água.

Conclusão

Como se pode perceber o processo de construir lagos artificiais não é assim tão complicado. Porém, se você não quiser se arriscar, existem empresas especializadas em construir lagos e também em fazer a manutenção.

E depois de pronto é só curtir!!
Solicite um orçamento do seu lago gratuitamente aqui:

 

lagos artificiais, piscinas naturais e lagos ornamentais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *