17 Dicas incríveis para uma decoração sustentável. Entenda Antes!

Quer decorar sua casa com muita beleza, charme e sem agredir a natureza?

Pois saiba que uma decoração sustentável é perfeitamente possível com atitude simples e muita criatividade. Mas se você não sabe por onde começar, nós trazemos para você grandes dicas, confira agora!

decoração sustentável

A decoração sustentável

Atualmente, muitos arquitetos e decoradores estão pensando de maneira sustentável e buscando formas de trazer beleza, conforto e modernidade aos seus projetos sem agredir a natureza ou provocando o mínimo de impacto possível.

Fique atualizado!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do Entenda Antes!>

Essa é uma tendência que não tem volta. E quando você mergulha de cabeça nela, acaba descobrindo um novo mundo de ideias simples, criativas e de muita beleza.

Uma decoração sustentável pode e deve ser sinônimo de ambientes mais leves, agradáveis, relaxantes, cheios de estilo e também com um toque de sofisticação. Por isso não tenha receio de investir na tendência.

decoração sustentável
Projeto: G. ALB Arquitetura & Interiores – Cornélio Procópio PR

Veja também: Vale a pena instalar um sistema de energia solar? Entenda Antes de fazer!

Analise as dicas abaixo e veja como é fácil fazer uma decoração sustentável.

Dicas de decoração sustentável

1- Espalhar plantas pela casa é o primeiro passo para conseguir um ar mais fresco e puro, além de deixar o ambiente mais arejado.

Dê preferência às plantas brasileiras, além de serem mais fáceis de cuidar, cultivá-las contribui para a preservação da flora nacional.

Algumas sugestões: Bromélias, Palmeiras, Samambaia, Suculentas e Filodendros.

decoração sustentável

2- Ainda sobre plantas, escolha vasos de barro, cerâmica ou madeira. Esses materiais, além de terem uma boa durabilidade, agridem menos o meio ambiente.

decoração sustentável

3- Reutilize os objetos, evite jogar qualquer coisa fora, essa sim é uma atitude sustentável! Coloque sua criatividade para funcionar e dê novas utilidades para as peças que teriam o lixo como destino. Você pode reutilizar caixotes de madeira, latinhas de alumínio, potes e garrafas dos mais diferentes tamanhos e formatos, canos de PVC, velhos tecidos, etc.

Veja também: Deck de PVC – Veja as vantagens em utilizar esse material. Arquitetura sustentável

4- Para organizar fotos ou roupa íntima, use caixas forradas com tecido ou papel. Por exemplo, em lugares como seu escritório ou o cantinho de estudo das crianças, você pode usar latas pintadas ou revestidas como porta-lápis. Os vidros e garrafas podem decorar as mesas em uma festa e também o seu quarto com flores frescas.

5- Use e abuse dos famosos e versáteis paletes. Eles podem virar qualquer objeto: sofá, cama, cabeceira, nichos na parede, mesinhas e podem, até mesmo, serem usados para revestir paredes.

decoração sustentável

6- E que tal dar um toque vintage na decoração reutilizando algum eletrodoméstico ou móvel antigo? Vasculhe a casa dos amigos e familiares ou mesmo bazares de entidades beneficentes. Com certeza, você encontrará algo interessante que apenas precise de uma nova pintura ou uma troca de tecido.

decoração sustentável

7- E se você for comprar móveis novos, prefira os de marcas sustentáveis que usam madeira de florestas plantadas.

8- Outra boa opção é incluir alguns móveis de fibra natural na decoração. Eles são sustentáveis e sofisticados na medida certa.

decoração sustentável
Projeto: Mariane e Marilda Baptista – Arquitetura & Interiores – Londrina PR

9- E ainda falando sobre móveis, uma tendência na decoração sustentável é usar móveis flexíveis ou com dupla função. São eles: Sofá que vira cama, mesinha que vira banco, móvel que pode ser usado como mesa de trabalho ou penteadeira, etc.

10- Com relação aos tecidos para a confecção de almofadas, cortinas ou para revestimentos de estofados, dê preferência aos tecidos naturais, como algodão, linho e seda.

11- Priorize a compra da produção local e artesanal. Mas se for comprar produtos importados, escolha aqueles que são transportados de navio. O transporte de navio causa cinco vezes menos impacto ambiental do que o transporte rodoviário.

12- Você também pode fazer uma escolha sustentável na hora da pintura da casa. Use tintas ecológicas à base de terra ou recorra à boa e tradicional pintura com cal.

decoração sustentável

13- Revestimentos simples estão na moda: piso de cimento, ladrilhos hidráulicos, de bambu ou de madeira de origem certificada. Esses são materiais de baixo impacto ambiental.

decoração sustentável

14- Na hora da reforma, derrube paredes e integre os cômodos. Isso além de modernizar seu imóvel, traz amplitude e proporciona um clima mais fresco no verão, maior insolação nos meses de inverno e uma melhor circulação do ar. Assim, você evita a instalação de sistemas de aquecimento ou de ar-condicionado, diminuindo o consumo de energia.

decoração sustentável
Projeto: Ludmilla Generoso Arquitetura – Ribeirão do Pinhal PR

15- E por falar em reforma, o ideal é restaurar os tacos em vez de trocá-los, já que costumam ser de madeira nobre. No caso dos azulejos e pisos cerâmicos, basta dar um novo acabamento e estarão como novos.

16- Grandes janelas garantem a entrada de luz natural, dispensando o uso de luzes acessas durante o dia. Porém, se isso for impossível, as claraboias podem ser uma ótima solução.

17- Para a iluminação artificial, use lâmpadas de baixo consumo de energia elétrica, como as fluorescentes. Outra opção é a luz de LED, que consome dez vezes menos energia do que as lâmpadas dicroicas.

decoração sustentável
Projeto: Arquitetura Ao Cubo – Maringá PR

Se você opina por sempre fazer o melhor para natureza, esse tipo de decoração é perfeito para seu ambiente, além de ser muito encantador, o estilo de decoração sustentável não causa grandes impactos ambientais.

Qual a sua opinião sobre a decoração sustentável? Você a utilizaria em sua casa? Nos diga nos comentários o que achou desse estilo de decoração.


Entenda Antes de fazer! 😉 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *